Pão Integral de Aveia com sementes

Vou falar-vos um pouco da minha avó materna. Alguém que teve um papel deveras importante na minha infância e que representou uma figura muito na forma como eu desenvolvi a minha própria personalidade.
A minha avó era a padeira da aldeia dela, algo que guardo comigo com um imenso orgulho. Ainda hoje por lá se fala que não houve mais ninguém a conseguir fazer o pão como ela o fazia. Um verdadeiro mito portanto.
E obviamente que não poderia falar aqui em fazer pão e não a mencionar a ela.

Eu adoro fazer pão em casa por várias razões.
Uma delas, e talvez a mais importante, é o facto de poder assim comer pão com mais qualidade e com uma série de ingredientes que aprecio por diversas razões. É óbvio que tudo aquilo que fazemos na nossa casa é sempre mais saudável, com ingredientes que sabemos exactamente quais são, sem excessos ou ingredientes disfarçados, e eu aproveito para fazer sandes ao meu gosto para levar para o trabalho – afinal, não há quem aguente a fome de uma grávida.

Outra das razões porque gosto de fazer o meu próprio pão é pelo aroma que espalha pela casa e que, sem dúvida alguma, me faz retornar à infância, aos tempos em que deambulava pelo Forno (entenda-se local onde era feito todo o pão da aldeia) apegada ao avental sempre enfarinhado da minha avó. Da minha avó padeira.




Ingredientes

  • 100gr Farinha de Aveia
  • 50gr Flocos de Aveia
  • 250gr Farinha Integral
  • 100gr Farinha Trigo
  • 2 c. chá de açucar amarelo
  • 1/2 c. chá de sal
  • 1 1/2 c. chá de fermento seco
  • 350gr água
  • Sementes de papoula q.b.
  • Sementes de linhaça q.b.
  • Sementes de girassol q.b.

Preparação

1. Misturar um pouco de água morna com o fermento. Aguardar um pouco para que o fermento se active.

2. No copo juntar a farinha de aveia, a água e a mistura do fermento, os flocos de aveia, 150gr da farinha integral, o açucar e o sal e  misturar uns segunfos na vel. 4-5

3. Juntar a restante farinha integral e a de trigo e programar 2 minutos vel. espiga.

4. Nos últimos 10 segundos juntar as sementes pelo bucal.

5. Colocar a massa na forma de pão, tapar com um pano de cozinha e deixar repousar e levedar por cerca de 1 hora a 1,5 hora. Eu coloco dentro do forno.

6. Após a levedura, pincelar com água e polvilhar com sementes de papoula e de linhaça. Levar ao forno a 180º por cerca de 30 a 40m.

Notas:
Eu deixei o pão por menos tempo no forno pelo que ficou mais mal cozido, como eu prefiro, mas nem por isso menos saboroso.
E, como qualquer pão, pode cortar-se em fatias e congelar.


Bom Apetite, Su

16 comentários:

  1. bom dia,

    gostei muito do seu blog e pelo que li... e nada melhor que o vinho para acompanhar as refeições bem preparadas...

    Peço-lhe um um favor, que coloque o link do nosso blog no seu site para que as pessoas também possam conhecer mais sobre vinho...

    Forte abraço
    http://vinho-umritmodevida.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. E que bonito ficou o teu pão, mesmo apetitoso!

    Parabéns pela gravidez, fiquei agora a saber da boa-nova!

    ResponderEliminar
  3. E dos que eu muito aprecio, fica escuro e o sabor das sementes dá-lhe um gostinho mesmo muito bom.

    ResponderEliminar
  4. Que lindo pão! Fiquei com imensa vontade de experimentar.

    ResponderEliminar
  5. Ficou uma belezura o teu pãozinho!!!
    Um beijo:))

    ResponderEliminar
  6. Su,
    Parece mesmo uma receita saborosa e saudável! Gostei muito de teres mencionado a tua avó, as minhas são tb um dos motivos porque gosto tanto de cozinhar. Mas agora, com genes desses não há desculpa, mãos à obra e toca a começar já um starter! :)

    Resto de excelente dia para ti e para o bebé.

    bjs

    ResponderEliminar
  7. Oggi ho proprio messo a posto il forno a legna per dedicarmi alla panificazione così come anche a me ha insegnato mia nonna...chissà forse copierò anche il tuo, baci.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns pelo blog, lindas fotos e ótimas receitas!

    ResponderEliminar
  9. Nada como o pão/broa caseiro, estou habituado a comer desde pequeno
    Este sendo escuro e com sementes (idêntico ao que habitualmente como quando não tenho caseiro) deve ser divinal!!

    ResponderEliminar
  10. Olá Su!
    Ficou perfeito esse pão decerto muito saboroso.


    Um bjinho

    ResponderEliminar
  11. que paozinho mais apetitoso..
    obrigada pela visita e comentário

    ResponderEliminar
  12. Lindo pão - lindas as fotos e uma receita delíciosa!


    www.saboresdalica.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Oi Su!
    Estou visitando o seu blog hoje pela primeira vez...adorei...estou te seguindo!
    Suas receitas são maravilhosas...
    Passa lá no atelier pra conhecer.
    Bj,
    Marcela.

    ResponderEliminar
  14. Amo pão e também procuro fazer o meu, embora achei a tua receita mais rica, adorei!
    Um abraço
    Léia

    ResponderEliminar
  15. Olá boa noite!
    Encontrei o seu blog há uns dias e acho que já se tornou um dos meus favoritos. Adoro os ingredientes que usa, muito saudáveis. a variedade de farinhas, muitos legumes, fruta, iogurtes, pão...
    será que me poderia explicar qual é exactamente o fermento usado nesta receita? Pelo que leio, sei que há fermento fresco (de vários tipos), o fermento "comum" usado nos bolos, etc...

    Obrigada! E MUITOS parabéns pelo blog.
    Inês

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Inês,
      Antes de mais obrigada. O Fermento usado é fermento seco, se procurar nos supermercados (Continente, Pingo Doce) ao pé dos artigos para bolos encontrará umas caixinhas de Fermipan, que trazem umas saquetas do tal fermento seco.
      Espero ter ajudado.
      Beijinhos

      Eliminar