Tartar de Salmão

Sou completamente doida por salmão, de todas as formas e feitios, mas confesso que a forma que mais gosto de o comer é na sua essência mais pura:  cru.


 
Para quem nunca experimentou devo dizer que, efectivamente, o sabor é completamente distinto do sabor quando cozinhado. É um sabor mais subtil e delicado e a textura é quase como veludo na língua… definitivamente uma loucura. Só é preciso ganhar a coragem de experimentar a primeira vez e nunca mais se quer outra coisa.


 
E quem é apaixonado por comida, como eu sou, não deve nunca recusar experimentar coisas novas e diferentes…

Ingredientes

  • 1 lombo de salmão sem pele e sem espinhas
  • 1/2 maça verde
  • Gengibre em pó
  • Sumo de 1/2 limão
  • 1 pitada de Canela em pó
  • 4/5 alcaparras
  • Sal e Pimenta q.b.
  • 1 fio de azeite
Preparação

1. Cortar o salmão em pequenos cubos e reservar.

2. Descascar e cortar a maçã também em pequenos cubos, sensivelmente do mesmo tamanho dos cubos de salmão.

3. Juntar a maçã, o gengibre, as alcaparras e o limão ao salmão. Temperar com o sal, pimenta e canela e o fio leve de azeite. Envolver delicadamente.

4. Usar um utensilio redondo para empratar o tartar e servir acompanhado com rodelas de maçã e beterrada.


Bom Apetite, Su

15 comentários:

  1. Su eu adoro salmão mas nunca tive coragem de experimentar assim cru :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Soa-me muito bem! Eu nunca experimentei desta forma, mas adoro comê-lo cru, em sushi ou mesmo sashimi (apesar de não ser grande fã de sashimi, se for salmão gosto bastante!). Mas tira-me então só uma dúvida: na gravidez não faz mal comer o salmão em cru? Pensei que sim, mas caso contrário estás a dar-me uma grande notícia! :)

    ResponderEliminar
  3. Queen of Hearts,
    As restrições alimentares da grávida ainda são algumas, é verdade. Mas basicamente, e como em tudo, tens médicos com opiniões várias e diversas. Eu como procuro também manter-me informada, concordo com o meu Obstetra que é uma pessoa bastante descontraída nestas coisas.
    Antes de mais as restrições são, sobretudo, para ser cumpridas no primeiro trimestre dado que essa é a fase embrionária – foi só neste período que ele me disse para evitar o sushi/alimentos crus. Para além disso tens a questão de seres ou não imune à toxoplasmose e, apenas no caso de não seres, deves ter atenção ainda a outros cuidados nomeadamente frutas e saladas (ou vegetais crus, especialmente os de contacto directo com a terra) devem ser muito bem lavadas (eu uso umas gotinhas de lixivia – sim, sim, isso mesmo – na água em que os lavo). Tens ainda a questão dos ovos e queijos não pasteurizados – estes últimos são mesmo para excluir – devido às bactérias que poderão transmitir ao feto.

    Tudo o mais, como o sushi, marisco, etc. prende-se com o facto de serem alimentos muito propícios a provocar intoxicações alimentares, o que na verdade afecta a mãe e não o feto, mas neste caso uma grávida não pode/deve tomar medicamentos dado que estes podem afectar o feto.
    Ou seja, não quer dizer que a grávida não possa comer, desde que seja em locais onde tenhas muita confiança e especialmente se o peixe for previamente congelado, as bactérias são eliminadas nesse processo – há que ter cuidado com o descongelamento é claro.

    Pelo que sei há sempre os médicos extremistas que proíbem tudo e um par de botas, e depois há os outros mais sensatos, na minha opinião. E eu como sou uma pessoa muito relaxada nestas coisas, não me daria, certamente, com um OB demasiado picuinhas 

    ResponderEliminar
  4. Não sei se me atrevo a tanto... mas que tem bom aspecto lá isso tem.

    ResponderEliminar
  5. Tem um aspecto divinal Su, eu também aprecio Salmão mas fumado e utilizo muito em saladas e entradas,

    beijos!!

    ResponderEliminar
  6. Adoro tartar de salmão Su, ontem mesmo comprei lombo fresco de salmão pra fazer justamente esse prato, muita coincidência. Ficou lindo e a combinação dos ingredientes está show!
    Beijos,
    Fabi

    ResponderEliminar
  7. Ottima tartara di salmone, molto gusto e sapore allo stato puro...ciao.

    ResponderEliminar
  8. Su eu gosto muito de salmão, mas cru nunca provei.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. O que eu adorei a tua cozinha!
    Estive a ver as receitinhas que vão aqui neste blog, e estás de parabéns... excelente vida alimentar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. This sounds different and delicious. Your photos make this most appealing. I hope you have a great day. Blessings...Mary

    ResponderEliminar
  11. Tb adoro salmão. Este tartar ficou muito muito apetitoso!
    Babette

    ResponderEliminar
  12. Su, ainda não tive coragem para comer o salmão crú até prque tenho a certeza se fizesse o meu marido iria gostar. Aqui neste prato é que ela não ia gostar porque não gosta de maçã! "Homens"!!! Mas fiquei tentada.

    Queres a minha opinião para desinfetar os legumes?! Mais saudável de certeza é usar vinagre que é um desinfetante natural e não prejudica a saúde. Espero que não leves a mal a minha opinião, mas sabendo que estás grávida acho que quanto menos químicos ingerires melhor, cá em casa é assim que faço e sinto-me mais segura.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Também adoro salmão cru, ainda não experimentei essa receita, mas logo vou fazê-la, porque fiquei cheia de vontade! bjs

    ResponderEliminar
  14. Haja alguém que tem um obstetra como a minha que não entra em extremismos e exageros :)

    ResponderEliminar