Crème Brulée de Baunilha ou o céu numa colherada

Aquando da minha estadia de trabalho em Paris, há cerca de 6 anos atrás, travei conhecimento com uma série de coisas e lugares que jamais esquecerei. Mencionar o Louvre ou a Torre Eiffel seria demasiado monótono para este meu trecho e por isso deixarei ambos para outros autores.

Não, o que verdadeiramente me marcou nas semanas que por lá passei foram alguns pedaços de êxtase que a cozinha Francesa me proporcionou.
Desde os minúsculos, mas deliciosos croissants que nunca faltavam na minha mesa do pequeno almoço ao, simplesmente decadente, camembert devorado degustado com um pão de passas que me deixava quase sem fôlego.


Mas o que realmente me marcou foi o incrível, magnificente, inacreditável e quase utópico … Crème Brulée
Quando, na primeira colherada, pensava que iria provar um simples leite creme, eis que todo o meu ser foi estrondosamente abalado por um sabor aveludado e requintado, repleto de luxúria e sublime timidez.


Esperei, ainda assim, demasiado tempo para tentar fazer esta receita na minha cozinha. Talvez por medo de falhar e gorar as minhas, tão altas, expectativas. Devo dizer, portanto, que esta minha tentativa não atingiu a meta. O sabor ficou divinal, especialmente devido à baunilha, mas a consistência não assentou devidamente.
A crosta de açúcar caramelizado compensou e só por ela já valeu a pena o esforço.


Continuarei a sonhar com aquele crème brulée que me levava ao céu enquanto tento, uma e outra vez, alcançar o resultado perfeito.



Ingredientes
  • 8 gemas
  • 70 gr açucar
  • 1 vagem de baunilha
  • 5 dl de Natas
  • Açucar amarelo q.b. para queimar
Preparação

1.  Bater as gemas com o açúcar, adicionar as natas e mexer bem.

2. Abrir a vagem de baunilha ao meio, no sentido do comprimento e, com a ponta de uma faca, retirar as sementes e juntá-las ao preparado anterior. Levar ao lume até engrossar, mas sem deixar levantar fervura, 80ºC.

3. Deitar o creme em pequenas taças, deixar arrefecer e levar ao frigorífico durante cerca de 2 horas.

4. Polvilhar com açúcar e, com a ajuda de um maçarico, queimá-lo. Voltar a polvilhar com açucar e voltar a queimar. Sirvir de imediato.


Fonte: receita adaptada daqui

Bom Apetite, Su

16 comentários:

  1. Su eu diria que és exigente contigo mesma :) O creme tem um aspecto excelente, acredito que a consistência tenha ficado diferente mas quem sabe mais uma tentativa ou outra viagem a Paris :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Sú, a estas horas da manhã fiquei desconcertada com esse maravilhoso leite creme. Apesar de não teres ficado totalmente satisfeita, eu fiquei só de ver estas lindas imagens. Adorei.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Como sempre uma apresentação linda!

    Bjs.

    ResponderEliminar
  4. Os olhos também comem e é bem verdade. Este creme brulée está simplesmente fantástico.
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Ficou lindo. Estás a ser demasiado exigente, mas compreendo isso! :)
    Para mim está perfeito. hehe. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Keep on trying....O segredo é nunca desistir e vais ver que achas a receita perfeita!!!Ainda assim está deliciosamente bonito!!

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  7. Ui, é uma das minhas sobremesas favoritas...! Com esta é que tu acabaste comigo =)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. De aspecto, o creme ficou divino.
    E, a avaliar pelos ingredientes, também, deve ter ficado delicioso.



    http://asvezescozinheira.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Imagino uma colherada desse creme brulée. E o açúcar caramelizado perfeito, que quebramos com a pontinha da colher. Já estou em extase só de pensar :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Olá
    Desde já os meus parabéns pelo seu blog.
    Gostaria de a convidar para se juntar ao recém criado "Paraíso dos Sabores", um espaço de partilha de receitas, experiências, truques e dicas.
    De momento o "Paraíso dos Sabores" ainda está numa fase relativamente "morna", pois ainda não tem muitos conteúdos, assim como utilizadores.
    Daí este convite, por teria enorme gosto em que se junta-se a esta comunidade e a ajuda-se a crescer, com os seus conhecimentos e experiências.

    Desde já o meu muito obrigado pelo tempo perdido a ler esta mensagem.
    Ficarei na esperança de a poder reencontrar no "Paraíso dos Sabores".

    Atentamente,
    _Paulo_ , webmaster em www.paraisodossabores.pt.vu

    ResponderEliminar
  11. POIS ESSE CREME ESTA UMA VERDADEIRA PERDIÇÃO...ENTÃO ESSA CAMADA DE AÇÚCAR CARAMELIZADO....ESTA DEMAIS.
    BJS

    ResponderEliminar
  12. Olá Su,
    na medida de a poder ajudar a descobrir esse divino paladar, julgo estar a faltar-lhe um passo fundamental no ponto 3. Deve aquecer, sem ferver, toda a mistura resultante para não cozer as gemas e depois de as colocar em taças deve po-las no forno em banho maria (colocar a água a ferver) durante uns 20m, aproximadamente. A seguir, e cuidado para não se queimar, é que as coloca no frigorífico :)
    Quero acreditar que o tal truque da consistência se situa neste pormenor.
    Espero ter ajudado,

    Bruno

    ResponderEliminar