Raviolis Integrais Rosa ao molho de Espargos e Ervas de Provence

Nunca fui propriamente uma pessoa ávida de grandes noitadas ou festarolas a romper a noite dentro. Claro que gosto de sair ocasionalmente com um grupo de amigos ou ir à uma discoteca em especial naquelas noites de Verão quentes de fim de semana. Mas não preciso e nem quero, de todo, que isso seja a regra dos meus dias.




E parece que cada vez mais sou adepta da tranquilidade, dos programas mais pacatos e familiares, da natureza e do lar.
A vida profissional é, claramente,  mais urbana e stressante e honestamente não sei se saberia viver sem isso. Mas o que é facto é que, e talvez para a compensar, a vida pessoal pede-me mais serenidade e momentos de relaxe repletos de prazer.




Bem como uma manhã passada a brincar com conjugações improváveis e a esticar massa enquanto analiso a quantidade de farinha que se vai espalhando pela bancada, cadeiras e chão de uma cozinha acabadinha de limpar. Sem stress… há de ficar limpa novamente.




E, depois de todo o trabalho, sentar-me a apreciar o resultado final de uma massa que já queria fazer há tanto tempo é deveras gratificante.



A cor destes raviolis integrais é de cortar a respiração. A mozarela fresca e o molho leve combinam de forma irrepreensível e a textura dos pinhões crocantes completam o prato. Mais uma vez cometi o erro de fazer os quadrados demasiado grandes, porque me esqueço sempre que crescem na cozedura.




Prometo não me esquecer da próxima vez…

 
Ingredientes

Massa
  • 200 gr Farinha Integral
  • 300 gr Farinha de Trigo
  • 1 c. sopa de azeite
  • 2 ovos
  • 2 beterradas médias
  • pitada de sal

 Molho e Recheio
  • Bolinhas mini de Mozarella fresca q.b.
  • 1 molho de espargos verdes
  • 2 c. sopa de creme vegetal
  • 1 c. chá de ervas de provence
  • Sal
  • Pimenta
  • 1 punhado de pinhões
Preparação

1.   Coloque os ingredientes da massa no copo e misture alguns segundos na vel 6. Programe 2 minutos na velocidade espiga. Retire a massa para uma superficie enfarinhada, molde uma bola e cubra com pelicula aderente. Deixe repousar no frigorifico 30 minutos.

2. Divida a massa em porções do tamando de um punho. Trabalhe cada pedaço espalmando-o e esticando-o na máquina de acordo com as instruções, tendo o cuidado de ir polvilhando a massa com farinha e nunca saltando as aberturas.

3. Em cada placa colocar espaçadamente as bolinhas de mozarella e, por cima, de cada uma colocar uma pitada de sal fino. Com um pincel barrar os rebordos da massa de forma a que cole quando formar os raviolis.
Por cima dispor outra placa e cortar com a ajuda de um cortador próprio ou de uma faca. Reservar os Raviolis.

4. Lavar e arranjar os espargos, removendo as extremidades rijas e pelando para que a parte fibrosa seja removida. Escaldar em água fervente e salgada durante 3 minutos. Retirar para uma taça com água gelada e reservar.

5. Cozer os raviolis na água de cozedura dos espargos durante cerca de 4 a 5 minutos.

6. Tostar ligeiramente os pinhões no forno.

7. Numa frigideira antiaderente colocar o creme vegetal, os espargos cortados em pedaços, as ervas de provence, sal e pimenta. Deixar saltear um pouco.

8. Servir os raviolis com o molho de espargos e com os pinhões tostados por cima.


 Bom Apetite, Su

36 comentários:

  1. Parabéns Su! Este post está de cortar a respiração!!! Está com umas cores fantásticas e consigo até imaginar o seu sabor! Acho que é uma fantástica solução para o dia dos Namorados ♥
    Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vera, e não é que tens razão?
      Se optares por esta sugestão depois conta como correu ;)

      Eliminar
  2. Su, fiquei inebriada pela cor da massa... bem ficou verdadeiramente fantástica.
    Depois já no prato o contraste entre a cor da massa e o verde dos espargos fica magnífico.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. A beterraba é de facto extraordinária. Olha-me só para essa cor de massa, ficou rica, forte, bem rosa-fuchsia. E o rosa contrasta lindamente com o verde, bem como a textura macia da massa contrasta com o crocante dos espargos. Um prato que enche os sentidos :)

    PS: "esticar massa enquanto analiso a quantidade de farinha que se vai espalhando pela bancada, cadeiras e chão de uma cozinha acabadinha de limpar. Sem stress… há de ficar limpa novamente." - gostava de ter essa atitude mais relaxada em relação à limpeza, normalmente stresso bastante com essas coisas :-s

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ondina Maria,
      o engraçado é que eu sou daquelas fanáticas com a perfeição e limpeza da minha casa (não é à toa que as visitas me dizem que a minha casa parece saída de uma revista de decoração). Contudo, com a chegada do meu filhote tenho aprendido a lidar com isso e mentalizei-me de algo que considero a chave para não stressar: o que se suja pode ser sempre limpo e senão for na hora pode ser um pouco depois, porque afinal o importante somos nós (as pessoas) e os nossos sorrisos - especialmente do meu pequenito... mas isto dará "pano" para um outro post.

      Eliminar
  4. Ficaram irresistíveis...
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Su,

    Completamente soberbo! Irresistível, provocadores, perfeitos! :)

    Excelentes fotos!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  6. O contraste de cores é mesmo tentador, que lindo!

    ResponderEliminar
  7. As cores são maravilhosas e os contrastes de verdes e magentas é absolutamente lindo!!!Amei....

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  8. Os raviolis cor-de-rosa é uma ideia de génio deixa que te diga. Acho que ficam fantásticos num prato que se queira fazer para uma festa ou até mesmo, lá chegarei dentro de alguns meses, para convencer a meninas mais teimosas a comer ("olha massinha da tua cor favorita, tão giro!"). Tenho de arranjar uma máquina dessas, dá muito trabalho estender aí a massa?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vee, é bem verdade que é uma forma de por as crianças a comerem legumes que de outra forma é mais dificil.
      Quanto a estender a massa com a máquina, não custa nada. Dá muito mais trabalho estender com o rolo - e eu pelo menos não conseguiria um resultado tão bom.

      Eliminar
  9. Fotos magníficas que só demonstram como ficaram soberbos estes raviolis. Provocantes e de certeza absoluta, deliciosos :)

    ResponderEliminar
  10. Ai que delicia e que lindos ficaram!!
    Nunca me aventurei nas massas lá chegará o dia!!
    bjinhos

    ResponderEliminar
  11. Su, que prato vibrante :) A cor do ravioli rosa fucsia, com o verde dos espargos combina na perfeição. Soberbo! E as fotos lindas, quase imagino estar a provar essa refeição. Esta vou ter de fazer, assim que tiver a máquina de esticar a massa :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  12. Muito boa a receita, deve ficar ótima, entrou para a minha listinha de pratos que quero fazer :D
    Bjos

    ResponderEliminar
  13. Adorei, achei a cor linda e a receita fantastica. Só para que não te sintas só sou exactamente como tu no que toca a saidas á noite! Filme, sofá, manta é o melhor do mundo :)

    ResponderEliminar
  14. So, so beautifully done!!! The color is phenomenal!!!

    Below is a link to the Daring Kitchen site (it includes Daring Bakers and Daring Kitchen). There is a contact tab, so I'd inquire about becoming a new member...I hope you will join us :)

    http://thedaringkitchen.com/

    ResponderEliminar
  15. Magnifico!!
    Estou a ver o comentärio acima do meu vais juntar-te aos daring bakers?? Eu adorava ter companhia... penso que sou a única portuguesa :(

    bjs e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana,
      Já recebi o email de confirmação, agora é só esperar pelo próximo desafio :D

      Eliminar
  16. Simplesmente maravilhoso Su!
    Fotos e receita maravilhosas!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. This is really lovely. The moss is new to me but it sounds delicious. I hope you have a wonderful day. Blessings...Mary

    ResponderEliminar
  18. This is absolutely stunning. I can barely speak. I am in love with your site.

    ResponderEliminar
  19. Parece-me tão bem e as cores ficam lindas :)

    ResponderEliminar
  20. Uau!! Que receitas de criar água na boca =) Dia dos namorados, vou fazer esta receita, aparentemente, tão deliciosa =) Com a crise a instalar-se e com o stress do dia-a-dia de trabalhadora (Felizmente!), sabe bem fazer e saborear no conforto da nossa casa, um jantar para dois, num ambiente romântico e relaxante personalizado e intimista =) Obrigado =)

    ResponderEliminar
  21. Uau! Que receitas de criar água na boca =)
    No dia dos namorados vou fazer esta receita. Com a crise a instalar-se e com o stress do dia-a-dia de trabalhadora (felizmente!), sabe bem fazer e saborear, no conforto da nossa casa, um jantar para os dois, num ambiente romântico, relaxante, personalizado e intimista =) Obrigado! =)

    ResponderEliminar
  22. Uau!! Que receitas de criar água na boca =) Dia dos namorados, vou fazer esta receita, aparentemente, tão deliciosa =) Com a crise a instalar-se e com o stress do dia-a-dia de trabalhadora (Felizmente!), sabe bem fazer e saborear no conforto da nossa casa, um jantar para dois, num ambiente romântico e relaxante personalizado e intimista =) Obrigado =)

    ResponderEliminar
  23. Adorei o seu blog... Fiquei rendida, vou voltar!

    ResponderEliminar
  24. Legal saber que você reproduziu a receita, Su. Ficaram lindos!

    Beijos e boa semana!

    ResponderEliminar
  25. The colors are stunning! My home made pasta recipe never comes out right. Yours look perfect! I should get my pasta maker out and give it another try. You have inspired me to do so.
    Cheers,
    Heguiberto

    ResponderEliminar
  26. Olá, Su,
    Gostaria de fazer esta receita mas não tenho Bimby para fazer a massa, como posso fazer esta massa sem a bimby, podes-me dar essa informação?
    Obrigado Sílvia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silvia,
      Basta que trabalhes a massa à mão.
      Primeiro trituras a beterraba - com a varinha mágica por exemplo.
      Depois colocas as farinhas numa bancada, abres um pequeno buraco na mesma e deitas para lá os ovos, a beterraba, o azeite e o sal. Depois é só misturar.
      Pode devido à beterraba irás sujar as mãos, mas não te preocupes que sai tudo depois.
      Bons cozinhados ;)

      Eliminar
    2. Obrigado Su!

      Quero dar-te os parabéns pelo teu blog que é maravilhoso, descobri-o à 3 dias e não me canso de o ver, além do visual ser muito apelativo as receitas são mesmo como eu gosto, deliciosas e saudáveis. Desejo-te muito sucesso, já estou a divulgar pelos meus amigos que também amam a culinária.
      Desejo-te uma Páscoa Feliz :)

      Eliminar
  27. Su, tu que és uma profissional das massas frescas, esclarece-me uma dúvida: usaste beterraba fresca ou cozida? é que já fiz uma massa parecida com esta que usava beterra cozida mas a quantidade de farinha indicada era pouca e tive que acrescentar imensa farinha para conseguir uma massa que não colasse muito às mãos... Apesar das peripécias acabou por correr bem, mas ainda assim procuro algo mais exacto!
    Obrigada e bjis

    ResponderEliminar
  28. Ondina, é beterraba cozida mesmo. Atenção que eu usei parte de farinha integral nesta receita o que por si só já altera as proporções. Experimenta fazer primeiro o puré de beterraba e juntar à massa pouco a pouco de forma a perceberes se está bom ou não. Seja como for, eu acho que por vezes acabo mesmo por juntar mais farinha... é mais uma questão de sensação de como está a massa.

    ResponderEliminar
  29. Que cores!! :) Ainda não tive coragem em me aventurar a fazer a minha própria massa, mas depois de ver esta fiquei a morrer de vontade... Linda mesmo! Parabéns! :)

    ResponderEliminar
  30. Boa noite Su,
    desde que publicou esta receita que não me sai da memória, um dia hei-de faze-la... amanha é o dia! :) tenho uma duvida, quando disse "barrar os rebordos da massa de forma a que cole", é barrado com quê? água? ovo..? obrigada

    ResponderEliminar