Rolos de Lasanha de Salmão... e as muito altas expetativas

O problema das expetativas elevadas é que elas podem sempre conduzir-nos a uma frustração tremenda.
E idealizar algo como perfeito pode, sem qualquer réstia de dúvida, levar a que o resultado final fique por vezes muito aquém do idealizado.




E idealizações perfeitas e quase etéreas são comigo. Primeiro vem a ideia sobre algo a elaborar, depois toda a construção mental do como, onde e o quê e finalmente a parte não menos excitante da execução.



E por alguma razão nunca, mas absolutamente nunca, obtenho aquilo que tinha imaginado na minha mente. É algo curioso, mas a verdade é que na minha cabeça tudo iria ser perfeito, lindo, absolutamente fantástico. Contudo acabo sempre por achar que, ainda que possa ter saído bem, está longe do primor fabuloso que havia concebido.


Um pouco à semelhança destes rolinhos de lasanha. Na minha mente iriam ficar milimetricamente redondos, com o queijo tostado no ponto certo e sem pontas de massa queimadas.
Não que não tenham ficado bonitos. Ficaram sim. Mas não tão bonitos como os tinha imaginado.
 
Será que aprendi a lição?... Duvido mesmo muito.


Ingredientes

  • 3 postas de salmão
  • 40 gr creme vegetal
  • 50 gr farinha
  • 600 gr leite magro
  • Folhas de Massa para Lasanha de espinafres
  • 1 Mozarella fresca
  • Sal
  • Pimenta


Preparação

1. Dispor as postas de salmão num tabuleiro e temperar com sal e pimenta. Levar a forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 15 a 20 minutos. Deixar arrefecer e remover espinhas e pele. Reservar.

2. Fazer o molho béchamel, colocando no copo da bimby o creme vegetal, a farinha, o leite e uma pitada de sal. Programar 8 minutos, Temp 90º, velocidade 4.

4. Cozer as folhas de massa durante cerca de 3 minutos. Forrar formas de queques com papel vegetal.

5. Misturar o salmão com o molho bechamel e envolver bem. Retificar temperos.

6. Colocar, com cuidado, as folhas de massa cozidas nas formas de forma a criar um rolo. Dispor uma colher de sopa do recheio em cada uma e tapar com pedaços de massa. Voltar a rechear com mais recheio e por cima colocar uma fatia de mozarella.

7. Levar a forno pré-aquecido a 180º durante 15 a 20 minutos ou até que o queijo derreta.


Bom Apetite, Su

15 comentários:

  1. Su,

    Aqui está uma receita feita com bastante imaginação... e, na minha opinião, o resultado final, até ficou bastante apelativo...

    Deixa-me dizer-te que as tuas fotos são perfeitas e ilustram muito bem as receitas que fazes. Nesse campo, ainda estou a anos luz mas, isto até é preguiça, porque até tenho um marido que é, um "género", de fotógrafo amador mas, tu sabes como é que são os homens... às vezes só para não estar á espera que ele me vá tirar as fotos e como sou um pouco apressada... acabo sempre eu por as tirar e com o telemóvel, que é o que está sempre à mão!! :)) Só que, depois, a qualidade, deixa um pouco a desejar...
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Su, eu adorei esta tua fantástica sugestão!
    Ficaram uns rolinhos lindos!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Com essas fotografias não acredito que ainda aches que não saiu perfeito!Eu acho que está sublime e adorava provar um desses rolinhos e de certeza só iria tecer elogios!!!
    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  4. Su,

    compreendo bem a frustração de querer algo e sair-nos diferente. menos bom do que tínhamos imaginado. Às vezes chamam perfeccionista, não acho que seja isso, é mais querer fazer com que saia direito, como estava na nossa mente. E o que me deixa ainda mais possessa é quando vejo que os "chefs" fazem sempre tudo direitinho.
    Isto só para dizer que compreendo, mas que neste caso está lindo e as imperfeições tornam o prato ainda mais bonito, mais "homemade", mas apetitoso. Acho que se a massa não tivesse um nadinha torrada, se tudo estivesse perfeitamente colocado, sem nenhum "errozito" não tinha metade da piada.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Ai Su, as elevadas expectativas são do pior. Mas compreendo perfeitamente o que sentes. Por vezes também idealizo receitas perfeitas e quando vou para as colocar em prática, ainda que tenham saído bem, não eram exactamente o que eu tinha imaginado. Mas nunca aprendo a lição. E ainda este fim de semana tive uma dessas epifanias pouco perfeitas, também à custa de uma lasanha fora do vulgar. E mesmo assim irei publicar o resultado, porque ficou bom e muito bonito, apesar de nem todos os passos terem sido um sucesso :p

    ResponderEliminar
  6. Su, a mim parece-me que és super perfeccionista na minha opinião estes rolos de lasanha estão perfeitos, se a massa não estivesse um pouco queimada, se os circulos estivessem milimetricamente perfeitos são seria a mesma coisa, afinal somos seres humanos erramos, mas nem sempre :)

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  7. Su
    Nunca esquecer que o óptimo é inimigo do bom
    (este prato pode noa ter circunferências perfeitas mas está muito bonito
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Oh minha querida o resultado ficou mais do que fantástico. Tem ar de ser uma refeição particularmente aconchegante e reconfortante!

    Beijoca

    ResponderEliminar
  9. Su,
    Obrigada pelo cuidado, estou mais ou menos. Tens razão no teu "diagnóstico", mas é infelizmente um pouco mais complicado e continuo com alguns problemas. Depois conto-te melhor. Sei que estás super ocupada!!
    E mais uma vez, sou tal e qual. Ao ponto do viking em desespero me dizer "It doesnt have to always be perfect", o que me deixa louca, porque para mim ou está perfeito ou vai ser repetido até eu acertar. O pior é que por vezes já temos tanto invstimento, sonhamos com um resultado final e fico mt desapontada qd não o alcanço...

    É o que dá ter vida para estas pequenas preocupações, somos uma sortudas =D

    Os rolinhos estão lindos, e e as "flores" azuis parecem-me perfeitas!
    bjs e continuação de bom trabalho

    ResponderEliminar
  10. Eu acho perfeito! Adoro e vou (tentar) experimentar. Mais uma receita da suvellecouisine que vai à mesa lá em casa (até o meu marido já é teu fã, mesmo sem te ler).

    O que eu gostava de cozinhar assim. :)

    Beijinhos e obrigada por o teu blog existir.

    ResponderEliminar
  11. Pode não ser o que idealizaste mas está lindo e apetitoso!

    ResponderEliminar
  12. da noi si dice...non tutte le ciambelle vengono con il buco...cioè perfetti non si può essere. ma tu lo sei e questo rotolo di lasagnina lo dimostra...un bacio, ciao.

    ResponderEliminar
  13. Eu cá adorei.. porque pra mim a perfeição é algo imaginário, gosto do rustico, do como Jamie Oliver chama "tosco", do verdadeiro, do genuino..vejo a tua lasanha assim e adoro o que vejo!:) parabéns

    ResponderEliminar
  14. Olá Su, estou atrasada para o jantar :) Ando sem tempo para visitar os bogues amigos. E por isso esse post passou-me ao lado, mas tinha que vir aqui deixar a minha apreciação. Merece ser elogiado o teu rolinho de lasanha. Achei uma ideia muito criativa e ao contrário de ti, achei perfeita. Não me importava de ter umzinho para o meu almoço ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar