Pennete com Pesto de Frutos Secos... e pulinhos de pura satisfação.

Começa sempre por uma proposta daqui, uma sugestão dali ou uma ideia fabulosa que nos fica a palpitar na mente. Ao final de algum tempo percebemos que temos de arriscar e experimentar simplesmente porque até o fazermos não o vamos conseguir esquecer.



Foi assim que decidi aventurar-me nas experiências de uma máquina de costura. Assim como assim, nada tinha a perder. Alia-se a vontade à circunstância e, sendo que me foi dada uma máquina de costura muito boa, eis que meto mãos à obra.

Próximos passos: enfiar a linha na máquina, familiarizar-me com todos os botões, bobines e rodinhas e praticar num pano de cozinha velhote. Monto a máquina depois de deitar o pequenino e, ao inicio da noite, entrego-me às linhas e agulhas. E devo dizer que, costurar uma linha reta num simples pano é muitos mais complicado do que parece.
Mas eis que ao fim de algum tempo – e de muita linha enrolada – o objetivo é alcançado. Saltos, pulinhos e gargalhadas de pura satisfação… algo que o marido até agora ainda não conseguiu perceber muito bem o porquê.


E uma vez ultrapassada a fase de iniciação há que meter mãos à obra, com cautela mas sem medos, e avançar para um projeto a sério. E quanto a esse prometo dar noticias mais para a frente.



Por agora, nada mais do que um prato rápido e versátil com sabores tostados e texturas crocantes. Um prato que, ainda que sem saltos ou pulinhos,  arranca  gargalhadas risos de pura satisfação àquele que agora compreende um pouco melhor o contentamento verdadeiro de algo que nos alegra.


Ingredientes
  • Massa Pennete a gosto
  • 1 punhado de pistáchios
  • 1 punhado de nozes
  • 1 punhados de pinhão
  • 1 chávena tipo almoçadeira de espinafre baby
  • Frango desfiado préviamente cozinhado
  • 50 g de queijo da ilha
  • 1 dente de alho
  • 2 c. sopa de azeite
  • Água q.b.
  • Queijo da Ilha para guarnecer
  • Sal e pimenta q.b.

Preparação

1. Cozer a massa al dente em água fervente e sal.

2. Numa frigideira anti-aderente, saltear rapidamente os frutos secos para ganharem mais aroma - reservar alguns para guarnecer.

3. Num copo misturador, triturar os frutos secos juntamente com o espinafre, o azeite, o dente de alho e o parmesão ralado. Juntar água até obter a consistência desejada.

4. Escorrer a massa, deixando um pouquinho de água da cozedura, e ainda na panela juntar o pesto e o frango desfiado. Envolver bem.

5. Servir a massa com os frutos secos reservados picados e com queijo ralado por cima.

Receita adaptada daqui


Bom Apetite, Su

18 comentários:

  1. Também quero ,
    eu ando com o vicio de comprar uma máquina de costura mas tenho medo,
    beijinho

    ResponderEliminar
  2. QUE DELICIA DE MASSA GOSTEI .
    A MINHA MÃE TINHA UMA MAQUINA DE COSTURA E ENSINOU-ME ,CHEGUEI A FAZER MUITA ROUPA PARA MIM PRINCIPALMENTE DE VERÃO, VESTIDOS CALÇÕS E TOPS.
    DEPOIS PAREI E NUNCA MAIS .
    BOAS COSTURAS.
    BJS

    ResponderEliminar
  3. Olá Su,
    Comprar uma máquina de costura e aprender a usá-la também era o meu sonho. Quem sabe um dia desses... Bom aprendizado, e boas costuras.
    Está massa tem tudo de bom e saúdavel... e sem tem pistache só pode ser fabulosa!! =) Beijo

    ResponderEliminar
  4. tb eu gostava de saber costurar, mas a verdade é que não tenho jeito nenhum...bj:)

    ResponderEliminar
  5. Su estas na fase de novas experiencias :) o ballet, agora a costura :):)
    E esse pennete esta com um aspecto delicioso.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Uma máquina de costura? És corajosa! Durante grande parte da minha vida vi a minha mãe e a minha tia a brindarem-nos com lindas roupas saídas das suas máquinas de costura. Ainda que não fosse essa a sua actividade principal, tinham realmente mão e jeito para aquilo. E eu adorava poder desenhar as minhas roupas, qual estilista em ponto infantil :)
    Confesso que não saí com esse dote. Ou melhor, não sei pois nunca tentei. E a possibilidade parece-me assustadora! Valente Su!

    A refeição é do meu agrado. E sei que vai ser do agrado do Vel. Testaremos em breve :)

    ResponderEliminar
  7. hum, o prato deve ser delicioso, mas o que me chamou mesmo a atenção foi o cenário, branco, puro e angelical... fez-me lembrar as vestais, deusas da floresta ;)

    ResponderEliminar
  8. Eu defenitivamente não levo jeito para costuras e olha que adoraria ter mãozinhas de fada para isso por isso te gabo a coragem e te felicito pelo feito. A massa? Uma delicia...

    Beijinhos e tem um excelente dia!!

    ResponderEliminar
  9. Sú, também tenho uma máquina de costura e já fiz um pequeno curso. As minhas cortinas foram feitas por mim, e tenho muito orgulho disso :) Tenho pena de não ter mais tempo para novos projetos. Falta-me espaço, tempo e concentração, ando cansada e sem muita disposição.
    Acredito que vás ter muitas mais hilariantes surpresas com a tua nova aquisição ;)
    A tua sugestão foi 5 estrelas. Gosto de pesto e estou a começar a apreciar mais massas :)

    Beijinhos doces :)

    ResponderEliminar
  10. Um prato que me deliciou só de olhar!
    EU também quero um máquina de costura, já está na minha wishlist!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Ter sempre um projecto em mente faz com que encaremos a vida com mais alegria!
    E depois de os ver concretizados mais contentes ficamos.
    A tua sugestão é deliciosa!

    ResponderEliminar
  12. Este prato de massa ficou bastante requintado e delicado, perfeito!
    Em pequena gostava muito de fazer uns vestidinhos para as minhas bonecas na máquina de costura da minha avó, foi ela que me ensinou a costurar. Faz um tempão que não costuro, possivelmente já nem lembro como se faz...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. Este teu prato tem a minha cara... adorei a mistura de sabores, e as fotos... 5* como sempre :)
    um beijo

    ResponderEliminar
  14. Precioso blog, y deliciosa receta.

    nos vemos

    bye

    ResponderEliminar
  15. não tenho jeito nenhum para a costura, com muita pena minha.

    Adoro sim fazer ponto cruz...

    Bjocas

    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  16. Ena!
    Eu sou a única mulher da família que não sabe usar a máquina de costura, que vergolha!
    Gostei mt da receita, e da mistura dos vários frutos secos, só passava o frango.

    Sobre o Blade Runner, uma sexta-feira em que tenhas tempo e a cabeça mais livre, senta-te a ver o filme de novo. Vais ver que gostas. A primeira vez que vi era mt nova e perdi imensas coisas, e agora não me canso de o ver. Ainda hoje, isto é uma vergonha, estava a procurar no youtube uma cena para colocar no meu post e vieram-me as lágrimas aos olhos, é palerma bem sei.

    Olha, hoje estou a tentar responder aos comentários no blogue e visitar os blogues amigos, daqui a pouco estou de saída para as compras.
    Espero que tenha corrido tudo bem no sábado e que os teus preparativos estejam qs prontos, quem me dera estar aí para te dar um mão. (leia-se fazer chá e pão e qq coisa sem a máquina de costura).

    Tenho saudades tuas, escrevo-te assim que puder.

    ResponderEliminar
  17. What a fabulous pasta...I would love a big bowl of this! So yummy, Su!

    ResponderEliminar
  18. Su,

    Adoro pesto e por norma como massa só com pesto e um pouco de queijo, adorei especialmente o toque dos pistáchios e um dos meus preferidos é apenas com eles. Uma foto deliciosa, como sempre.

    Boas aventuras no mundo da costura.

    ResponderEliminar