Assemblés de Amêndoa... e um pequeno desabafo

É complicado quando nos decidimos aventurar em algo novo ou diferente. 

Primeiro temos de ganhar a coragem para avançar. Depois temos de nos mentalizar de que vamos realmente avançar, de que vamos em frente, o que por vezes nos poderá parecer apenas uma ilusão. 



Pomos mãos ao trabalho, fazemos o que é necessário, investimos tempo, dinheiro e a nossa própria lucidez. Várias vezes pensamos que estamos a cometer um erro, que não devíamos avançar em frente, devíamos parar… abrir os olhos… e voltar para trás.

Mas, por alguma estranha razão, preferimos acreditar e não ceder a esses momentos mais desanimadores.

Depois avançamos e, em menos de nada, o que era apenas uma ideia torna-se uma realidade. Começamos a acreditar um pouco mais.
Tudo se monta, tudo se constrói e a esperança aumenta, acreditamos porque queremos acreditar e porque temos de acreditar.



Mas à nossa volta vemos que, à parte dos que nos são mais próximos, os demais são descrentes. Por muito que digam “vai em frente” ou “vais ter sucesso”, não passam de palavras apenas. O apoio, esse, não existe. E, nas entrelinhas, vamos lendo “não acredito… não vai dar certo…”.

E desanimamos um pouco. Pensamos que talvez tenham razão.

 Mas inspiramos fundo. Focamo-nos de novo. Acreditamos em nós. E vamos em frente… para onde quer que isso nos leve.

Assemblés de Amêndoa by Chef Nuno

Ingredientes
  • 50g de manteiga
  • 70g de açúcar
  • 1 ovo pequeno
  • 125g de farinha
  • 1 colher de café de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de cacau
  • 1 pitada de sal
  • 5 cl de leite

Para o creme
  • 100g de queijo Mascarpone
  • 40g de amêndoa em pó
  • 30g de açúcar em pó

Preparação

1. Bater a manteiga com o açúcar até obter um creme esbranquiçado.

2. Juntar o ovo inteiro e bater a uma velocidade mais baixa.

3. Peneirar a farinha juntamente com o fermento, o cacau e o sal e, aos poucos, misturar com o creme alternando com o leite.

4. Deitar o preparado num saco pasteleiro com um bico largo e liso e num tabuleiro forrado com papel vegetal e untado com manteiga, fazer pequenos círculos separados entre si. Levar ao forno a 180º cerca de 10 a 15 minutos ou até que os bolinhos estejam prontos.

5. Preparar o creme misturando, muito bem, o queijo com o açúcar e a amêndoa em pó. Casar dois a dois os biscoitos de chocolate, recheando com o creme e servir.

Receita adaptada daqui

Nota - Se gostaram das etiquetas, podem adquirir estas e outras Aqui


Bom Apetite, Su

10 comentários:

  1. Bom dia Su!

    Parabéns pelo teu novo projecto :)

    kiss

    ResponderEliminar
  2. ola su...sou leitora assidua e n poderia ser de outra forma já que fazes coisas lindas e deliciosas...e cmplicado qd em entre linhas nos dizem tudo aquilo que menos queremos ouvir...mas...com tanto amor que metes nas coisas acho que só não dá certo se não tiver que dar mesmo! e se isso acontecer, sendo um risco calculado(parece me q e o caso) volta se onde se começou e lembra se que se tem trabalho, familia, amor e energia para, depois de passado o "desgosto" se inicem novos sonhos...mais um, mais dois...
    Parabens e vais ver q corre bem, e se nao correr opa, tentaste! isso ninguem te tira! força!! :) bjs gds

    ResponderEliminar
  3. Bom dia Su
    Independentemente do que os que estão à volta dizem, o que impera sempre é a nossa determinação. Eu acredito nisso, na vontade, na ousadia, no aceitar os desafios como estímulos que nos fazem crescer e ser melhor.
    O teu projeto vai ser um sucesso.
    Um abraço
    Guida

    ResponderEliminar
  4. O mais importante é que tu acredites!

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  5. Ficaram lindos os teus bolinhos Su e quanto aos desafios.. a vida não fazia sentido que não arriscássemos em nada.. na realidade seria uma verdadeira seca. um beijo e mais uma vez boa sorte :) Alguma coisa posso dar um mãozinha!

    ResponderEliminar
  6. O importante é sempre acreditarmos em nós....por mais dificil que isso seja ás vezes
    Belos bolinhos :9
    bjinhs

    ResponderEliminar
  7. Não posso deixar de comentar o teu post querida Su.
    Compreendo-te tão bem que nem imaginas...
    Acredita em ti, acredita nos teus projectos, os outros pouco interessam.
    E se não resultar? E se falharmos? paciência. levantamo-nos, mesmo que magoadas, e voltamos a sonhar, a projectar e a arriscar! Porque a vida daqueles que não o fazem, é bem mais triste, tão triste que até conseguem abalar aqueles que sonham.
    Força!

    um abraço

    ResponderEliminar
  8. Então Su... que tom é esse.
    Uma bailarina tão uma posição de olhar em frente (e o que aprende na dança aplica-se no dia a dia)
    A vida é um risco
    FORÇA
    bjs de bfds

    ResponderEliminar
  9. olá su,
    venho muitas vezes ao teu blogue e fico sempre deliciada com as tuas receitas, com as tuas fotografias e com os teus textos. gosto muito da tua maneira da tua escrita. quanto ao desabafo de hoje deixa-me dizer-te que se tu acreditas, então é possível e vai resultar=) BOA SORTE!!

    ResponderEliminar
  10. Como te compreendo. Estamos em fase de cozinhar um pequeno projecto, muitas ideias a fervilhar e uma vontade de mudar o rumo das coisas, principalmente para o Vel. Mas depois somos assolados por todas essas questões que mencionas, inclusivé por pessoas proximas que torcem o nariz à nossa ideia num descrédito de que alguma vez as coisas possam correr bem. Porque a situação do país é má e porque não há dinheiro para nada e porque só quem não pensa bem nas coisas é que se lança em aventuras nesta altura do campeonato. E lá ficamos desanimados mas sempre com a sensação de que não podemos deixar de fazer aquilo em que acreditamos, nem que seja para chegar ao fim e poder dizer que afinal os outros é que tinham razão... Acho que eu e tu temos muito que conversar e desabafar (e quem sabe trocar ideias, se bem que os projectos são muito diferentes...)
    Bjis grandes!

    ResponderEliminar