Crepes de Frango e Pesto de Frutos Secos... e os "na na na na na" na minha cozinha

"Não" - é um não quase berrado, do alto da minha autoridade de mãe

E ele, com aquele pequeno sorriso maroto, olha para mim com a sua pequena mãosita a milímetros do puxador da porta. Ele já sabe que não pode, mas ainda assim testa-me incessantemente. 




Acaba por desistir {no fundo, no fundo acho que ele vai ser obediente... e os porcos têm asas, não é?! } e resolve vir treinar os seus passos ainda descoordenados enquanto se agarra às minhas calças e vai rodando sobre mim.
E eu, com as mãos cheias de farinha ou outros que tais, dou por mim com as calças já praticamente abaixo das ancas... oh bolas!
Olho para ele, e o sorriso matreiro continua... "na na na na na" diz-me enquanto continua a puxar e a puxar...



E, depois da mãe já praticamente despida, é hora de ir brincar com a máquina de lavar ou, quem sabe, fazer um festim com os tupperwares e colheres de pau. Ah... a felicidade suprema.



Quem pede um restaurante ultra chique quando se pode ter tanta animação na nossa própria cozinha?


Ingredientes
  • 1 punhado de pistáchios
  • 1 punhado de nozes
  • 1 punhado de pinhões
  • 1 chávena tipo almoçadeira de espinafre baby
  • 50 g de queijo da ilha
  • 1 dente de alho
  • Massa de Crepes
  • 2 peitos de frango
  • 1 c. sopa de queijo mozarella ralado
  • Azeite
  • Sal
  • Pimenta
  • Sumo de 1/2 limão

Preparação

1.  Pré-aquecer o forno a 200º C.

2. Temperar os peitos de frango com sal, pimenta e o sumo de limão. Levar ao forno cerca de 20 a 30 minutos até estarem cozinhados.

3. Num copo misturador colocar os pistáchios, as nozes, pinhões, as folhas de espinafres, sal, pimenta, o queijo da ilha, o dente de alho e 1 fio de azeite. Triturar tudo e adicionar um pouco de água se necessário.

4. Montar os crepes, barrando cada folha com o molho pesto e colocar o frango partido em pedaços. Por cima colocar uma colher de sopa de queijo mozarella ralado e enrolar o crepe.

5. Levar ao forno durante cerca de 10 a 15 minutos ate que a massa fique estaladiça e servir com uma salada de tomate.




Bom Apetite, Su

19 comentários:

  1. Aspecto delicioso,
    sabem muito bem momentos desses,
    beijinho Su

    ResponderEliminar
  2. deliciosos os crepes, a história e as fotos ( como sempre :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
  3. Que aspecto!
    Eu até provava já ao lanche!

    ResponderEliminar
  4. Uma refeição com óptimo aspecto e que já me deixou inspirada, vá-se lá saber porquê :)
    Teimosia é uma pérola do crescimento das crianças e a cozinha não nos fascina só a nós :) acho que de certa forma todas as crianças se sentem atraída pela cozinha, afinal há magia, há cheiros, há sabores, e panelas e colheres para fazer muitoooooo barulho.
    Beijnhos

    ResponderEliminar
  5. Que imagem tentadora... delicia!!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. adoro as fotos! Parabéns ;)
    Qualquer dia pões o pequenino a dançar :D

    ResponderEliminar
  7. LOL, bem sei o que isso é. Por vezes tenho o meu sobrinho lá em casa e se for na hora de jantar ele arranja maneira de se escapar do Vel para vir ter comigo. E ando eu na labuta de um lado para o outro com coisas na mão e o traquinas a querer fazer das suas: abrir o louceiro para mexer nas bugigangas, abrir gavetas, abrir portas de armários e cheirar as especiarias (o meu stock nos frascos grandes), mexer na máquina da louça, enfim, uma enormidade de disparates. E eu lá lhe atiro uns "Ai André que a Titi vai zangar-se contigo" ou outros "Não mexe, não não não". De tal modo que hoje, para além de dizer mamã, papá, Titi e pópó, o André também já sabe dizer "não, não, não" (que na verdade também usa quando quer dizer "sim, sim, sim". Estes pequenotes são uns verdadeiros diabretes!

    Adoro crepes: doces, salgados, com mistura, vale de tudo. Tenho pena de não os fazer mais vezes, acabo por optar muito por panquecas salgadas para o jantar :)

    ResponderEliminar
  8. A magia da cozinha! E com as crianças é sempre uma aventura.
    Gostei dos crepes, gosto deles salgados. E gosto do pesto, suave.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  9. Que saudades de ter os meus pequenos de volta das pernas!
    na, na, na, na... passa rápido demais há que aproveitar bem!
    Ótima receita, mesmo apetitosa e lindas as fotos!
    Bjs

    ResponderEliminar
  10. CREPES SÃO DAQUELAS COISAS QUE ME SAM MAL.
    OS TEUS SIM ESTÃO PERFEITOS E COM ESSES INGREDIENTES É SUCESSO NA CERTA.
    BJS

    ResponderEliminar
  11. Ahah! Que descrição! Eu própria já me senti assim, quase em preparos menos dignos, com mãos ocupadas e a pensar "Onde é que garro?"
    Estou a imaginar esse pequenote a fazer as "minhas" tarteletes e deixar a cozinha em estado de sítio!!!!
    Adorei os crepes :)

    ResponderEliminar
  12. Que maravilha de crepes.
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Ahh lindo, eu imagino como são as tuas experiencias gastronómicas a 2. Adorei os crepes, beijo

    ResponderEliminar
  14. Adoro tudo neste blog. Parabéns! Pergunto-me como consegues manter essa figura invejável com tantas tentações na cozinha.
    Já agora, espreita o meu blog www.simplethingsvs.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. Que lindos :) Como sempre, gostei muito da receita e da história que a acompanha ;)
    Beijinhos,
    Inês

    ResponderEliminar
  16. Isso tem um aspecto... divinal!! Fizeste-me criar água na boca.
    Terei que experimentar esta receita em breve. :)
    *****

    ResponderEliminar
  17. Que óptimo aspecto. E é verdade, uma cozinha com uma criança é sempre uma animação.

    ResponderEliminar