Granola de Pecan... a mil km's por hora


A vida prega-nos constantemente partidas. Quando pensamos que a nossa rotina já é mais do que um dado adquirido, que os nossos medos, alegrias, receios, descontentamentos ou prazeres são aqueles que nos acompanharão nos próximos anos... um dia acordamos e é-nos colocada a grande questão:

Pensa de novo



E, de um dia em que temos tudo absolutamente planeado ao detalhe, passamos a outro em que agora tudo mudou e agora é hora de encontrar novas rotinas.

E depois, é claro, podemos sempre olhar para as surpresas na nossa vida como algo de realmente fatal ou simplesmente pensar que se as coisas acontecem de determinada forma isso é apenas porque, algures mais à frente no caminho, está algo melhor à nossa espera. Digamos que é aquela máxima de se ver o copo meio vazio... ou meio cheio.


Etiquetas à venda aqui

Não sei se esta minha forma de estar e de encarar a vida me ajuda ou não. A realidade é que dou por mim a passar de um estado de algum alarme e desânimo, a outro de revitalização e energia com mil e uma coisas em mãos e com um entusiasmo que já há algum tempo desconhecia.



E assim, a mil quilómetros por hora, páro por breves instantes para me deliciar com esta, simplesmente genial e absolutamente deliciosa, granola. Crocante e doce apenas o quanto baste é de comer com iogurte... e muito mais no depois...

 
Ingredientes
  • 2 chávenas de flocos de aveia
  • 1 chávena de flocos de cevada
  • 1/3 chávena de farinha integral
  • 1 punhado de amêndoas
  • 2 c. sopa de leite em pó
  • 1/2 c. chá de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 1/4 chávena de creme vegetal 
  • 1/3 chávena de açucar amarelo
  • 1/4 chávena de Mapple Syrup ou xarope de Acér
  • 1 c. chá de aroma de baunilha
  • 1 clara de ovo
  • 1/2 chávena de nozes pecans partidas
  • 1 c. chá de Mapple Syrup ou xarope de Acér

Preparação

1.  Pré-aquecer o forno a 200º C.

2. Numa taça misturar os ingredientes secos à exceção das nozes pecan.

3. Numa pequena frigideira colocar o creme vegetal  e deixar derreter. Adicionar o açucar e o mapple syrup  e continuar a cozinhar em lume médio baixo mexendo sempre. Retirar do lume e misturar o aroma de baunilha. Juntar esta mistura lentamente aos ingredientes secos e envolver bem, se necessário utilizando as mãos. Deixar arrefecer um pouco e juntar a clara misturando bem.

4. Colocar a mistura num tabuleiro forrado com papel vegetal e pressionar de forma a obter uma camada fina de granola. Levar ao forno cerca de 15 minutos. Retirar do forno e partir em pedaços mais pequenos. Levar ao forno mais 5 minutos.

5. Misturar as pecans e a c. chá de mapple syrup.

6. Juntar a mistura das pecans à granola e deixar arrefecer por cerca de 15 minutos. Guardar num recipiente hermético devidamente identificado.


 Bom Apetite, Su

11 comentários:

  1. olá su ,
    nunca fiz granola...mas adoro. um dia que tenha mais tempo JURO a mim mesma que vou experimentar, pk tenho a certeza k vale a pena.beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Estamos em dias de granola. A minha é um pouco menos light: chocolate negro e manteiga de amendoim. Para petiscar ou para refeições de fim de semana, onde nos permitimos a alguns excessos :)
    Já anotei esta tua receita. A testar em breve!

    ResponderEliminar
  3. Tem um aspecto óptimo :) Onde encontras nozes pecan à venda?

    ResponderEliminar
  4. Adoro granola e gosto de ir variando os sabores. Também gosto muito de nozes pecan, mas são impossíveis de encontrar por cá :(
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Em resposta à pergunta onde encontrar nozes pecan, eu descobri-as (aliás, o meu maridinho) numa loja perto do El Corte Inglês que se chama Supermercado Americano :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito desta granola :) Adoro, é óptimo com leite, iogurte e sem nada! Nunca consegui encontrar foi Maple Syrup, será que há no SuperCor?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nizz podes encontrar nas lojas de produtos narurais como o Celeiro.
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Passei por acaso e deixe-me dizer-lhe que vi imenso bom gosto por aqui e gostei da forma como as suas palavras falam. Adorei as imagens. Eu acredito que há sempre um janelão aberto, quando uma porta resolve se fechar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas gentis palavras.
      Beijinhos :)

      Eliminar
  8. Boas receitas, belas fotografias, inspiradoras palavras… um “cantinho” que adorei conhecer e que visitarei mais vezes.
    Parabéns!

    (http://saborescomtempo.blogspot.pt/)

    ResponderEliminar
  9. Oi Su vim conhecer o seu blog.Gostei muito.Concordo com sua opinião que somos o que comemos, mas também sou das que acreditam que de vez em quando um chocolate faz bem pra alma.Adorei sua crepe.Voltarei mais vezes.Beijos.

    ResponderEliminar