Risoto de Abóbora Assada e Maçã... e as decisões difíceis


{scroll down for english version}



A vida é feita de decisões. Decisões fáceis, decisões difíceis… decisões certas e erradas.
São as decisões que predestinam os nossos caminhos mas, acima de tudo, definem quem somos. Nem sempre as decisões mais fáceis são as mais corretas e cabe-nos a cada um de nós optar pela via que queremos tomar.



Mas por vezes, o mais complicado é fazer aceitar aquilo que decidimos. E se a situação por si só é complicada, torna-se ainda mais se temos de lutar e refutar com os que nos rodeiam acerca daquilo que sabemos ter de fazer.




Há que saber aceitar mesmo que possamos não concordar. Há que saber respeitar mesmo que, na nossa opinião pessoal, aquela decisão não seja a que gostaríamos que a outra parte tivesse tomado. É também isso que mostra o apoio e carinho para com aqueles que fazem parte da nossa vida.




Porque a vida é feita de decisões, nem sempre as mais fáceis. Porque cada um de nós tem o direito de decidir e de respeitar.
 


Ingredientes

  • 1/2 cebola
  • 1 fio de azeite
  • 1/2 maçã descascada e laminada finamente
  • 1/2 chávena de arroz arborio
  • 1 chávena + 1/2 de caldo de galinha (de preferência caseiro)
  • 1 abóbora moranga pequena 
  • 1 c. chá  de creme culinário
  • 1 c. sopa de queijo Grana Panado Ralado
  • 1 c. sopa de açucar amarelo
  • Sal
  • Pimenta
 

Preparação

1. Abrir a abóbora ao meio e limpar de sementes e fios. Cortar e meias luas sem remover a casca. Dispor num tabuleiro de forno com a casca por baixo, regar com um pouco de azeite e polvilhar com sal, pimenta e o açucar. Levar a assar por cerca de 30 minutos a 200º.
No final, remover a casca e triturar a abóbora.

2. Colocar um fio de azeite e a cebola picada no copo da bimby e programar 3 minutos, vel c. inversa, Temp 100º, de forma a cozinhar a cebola.

3. Introduzir a borboleta e juntar o arroz. Deixar fritar o arroz um pouco, durante cerca de 3 minutos, Temp Varoma, vel. c. inversa.

4. Juntar 4 c. sopa do puré de abóbora e 1 chávena do caldo até cobrir o arroz. Programar 10 minutos, vel c. inversa, Temp 100º. Ir verificando e juntando mais água se necessário.

5. Juntar a maçã e o queijo ralado e programar por mais 3 a 5 minutos de forma a cozinhar a maçã.

6. Juntar o creme vegetal e programar mais 1 minuto para envolver. Deixar descansar cerca de 1 minuto antes de servir.

7. Servir com queijo ralado a gosto, opcionalmente, dentro de outra abóbora moranga assada com a tampa.


 Bom apetite, Su





Baked Pumpkin and Apple Risoto... and the hard decisions.



Life is made of decisions. Easy decisions, hard decisions… right and wrong decisions.
Decisions are what define our paths but, most of all, they define who we are. The easy decisions aren’t always the right ones and  it’s up to us to shooce the road we want  to take.

But sometimes, the hardest part is to get others to accept what we have decided. And if the situation is complicated by itself, it’s even more complicated if one must fight and argue with those who surrounds us about what we know we must do.

We must know how to accept even though we may not agree. We must respect even if, in our personal opinion, that decision is not the one we would like the other party had taken.  That is also what demonstrates the affection and support against those that are part of our lives.

Because life is made of decisions, not always the easiest ones. Because every single one of us has the right to choose and every single one of us has the duty to accept and respect.



Ingredients:

  • 1/2 onion
  • A drizle of olive oil
  • 1/2 apple, peeled and finely laminated
  • 1/2 cup of arborio rice
  • 1 cup + 1/2 of chicken broth (preferably homemade)
  • 1 teaspoon  soya butter
  • 1 small butternut squash
  • 1 tbllspoon of grated Grana Padano cheese
  • 1 tblspoon of brown sugar
  • salt
  • pepper
 

Method

1.Open the pumpkin in half and remove seeds. Cut in  half moons without removing the husk. Arrange on a baking sheet, sprinkle with a little olive oil and sprinkle with salt, pepper and sugar. Bake for 30 minutes at 200 °C.
In the end, remove the peel and mash the pumpkin.

2. Put a little olive oil and chopped onion in the pan and let the onion cook in medium heat.

3. Add the rice and let it cook for a minute or two.

4. Add 4 tblspoon of pureed pumpkin and 1/2 cup of the broth and let it cook while stirring until the liquid is absorbed. Keep adding broth and stirring until allmost cooked.

5. Add apple and grated cheese and let it cook for 2 more minutes.

6. Add the butter and mix in well.

7. Serve with grated cheese to taste.


 Bom apetite, Su

21 comentários:

  1. Que coisa linda!!! Deve ser óptimo. É um prato excelente para o dia das bruxas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Maria João, mas por acaso não o fiz nesse dia, fiz depois. E sim, é delicioso.

      Eliminar
  2. delicioso! e servido neste prato tão bonito e original hmmm :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma forma diferente de apresentar o risoto... e claro, para quem gosta - como eu - há ainda o bónus de comer a "taça" ;)

      Eliminar
  3. Belo risotto apetece mesmo dar uma garfada.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma... duas... vinte... não dá para parar ;)

      Eliminar
  4. Esse risoto fica ainda mais lindo nessas tacinhas originais.
    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  5. que lindo ficou esse risoto. E quanto às decisões, cada pessoa sabe o que é melhor para si, e quem gosta só tem mesmo de respeitar. bj!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Rita.
      Sim, o problema é quando as pessoas querem fazer o melhor por nós mesmo quando vai contra àquilo que decidimos... situações complicadas.

      Eliminar
  6. Que bom risoto! As fotografias estão lindas nesses tons de outono.
    Quanto ao resto, há decisões mesmo muito difíceis. Tudo se resolverá.
    Beijinho, fica bem!

    ResponderEliminar
  7. Ficou tão giro dentro da abóbora :)
    Adoro risotto de abóbora, é tão reconfortante.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ginja, e este com a maçã é particularmente saboroso, garanto-te :)

      Eliminar
  8. Adoro risotto, mas nunca comi de abóbora. A apresentação está fantástica.
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das Receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. pois que para mim nessas alturas apetece ser pequenina ourtra vez e não ter que tomar decisões... mas pronto, como não pode ser assim, que venha um desses rissotos fantásticos e vemos a vida com outros olhos.. ;)
    Boa sorte.. ;)
    um beijinho

    ResponderEliminar
  10. Ai as decisões... as que tomamos, as que temos para tomar, as nossas, as dos outros. Conversa que dava pano para mangas!
    Quanto ao risotto, lindo, elegante e encantador. Dentro da abóbora qual Cinderela a caminho do baile. Fiquei curiosa pelo facto de levar maçã, deve ser uma combinação de sabores muito interessante. Já vou colocar a receita bem visível aos olhos do Vel, espero que ele me faça este risotto muito em breve (vês? esta foi uma decisão super fácil de tomar!!!)

    ResponderEliminar
  11. O teu risotto ficou lindissimo servido dentro da abobora. Por acaso, tambem tenho uma receita a publicar de um risotto de abobora tambem servido dentro de uma mini abobora.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Sou fã de risotto e gostei muito da ideia de o servir dentro da abóbora. Sem dúvida original.....

    Beijocas :)

    ResponderEliminar