Cheesecake Italiano... e quase a rebentar pelas costuras


{scroll down for english version}

Passo na rua e várias pessoas se atrevem a perguntar, em jeito de palpite, "É um menino, não é?"
Respondo, com uma sensação de orgulho e estranho prazer... "Na verdade, são duas meninas!"





Ainda que eu esteja quase a rebentar pelas costuras e me sinta verdadeiramente gigante, a verdade é que não tenho uma barriga que faça adivinhar que são gémeos. E julgo que pelo formato, redondinha como uma bola de futebol, as pessoas se proponham a adivinhar que é um menino.

E por algum motivo, que talvez só as mães de gémeos saibam identificar, a satisfação de responder que afinal são dois bebés que trago no ventre é algo de verdadeiramente fantástico.





Apesar de termos planeado quase ao dia esta gravidez, a verdade é que quando soube que estava grávida me senti algo culpada em relação ao meu pequeno terrorista. Afinal agora o território dele iria ser invadido e o pai e a mãe, que sempre foram só dele, passariam a ser também de outro alguém estranho.  Só de pensar em como ele se sentiria quando o bebé nascesse as lágrimas acumulavam-se-me nos olhos. 





Curiosamente, e após a surpresa e choques iniciais, foi precisamente o fato de serem gémeos que fez com que conseguisse superar essa sensação de quase traição. E foi também isso que fez com que saboreasse de forma bem diferente esta gravidez. Porque, ainda que não fosse a minha primeira, é com toda a certeza a primeira de dois bebés simultaneamente. 





E ainda que me sinta quase a rebentar pelas costuras, há sempre espaço para uma doce tentação como este maravilhoso cheesecake completamente diferente do nosso cheesecake convencional.

Este é como que um bolo, e é simplesmente delicioso. Delicioso ao ponto de não conseguir resistir a ir roubar só mais um pedacinho a cada 10 minutos...
   



Ingredientes


  • 750gr de Ricotta
  • 500gr de Mascarpone
  • 1 1/2 chávenas de açucar
  • 6 ovos e 1 gema
  • Raspa de 2 limões
  • 1/4 chávena de Natas
  • 2 c. chá de extrato de baunilha
  • 1/2 pacote de bolachas Maria
  • 80gr de amêndoas
  • 1/2 chávena de manteiga derretida
 

Preparação

1. Pré-aquecer o forno a 170º

2. Barrar o fundo de uma forma de aro amovível e colocar na base papel vegetal. Picar a bolacha maria com as amêndoas e juntar a manteiga de forma a obter um crumble consistente. Revestir o fundo da forma e levar ao forno por cerca de 10 minutos.

3. Colocar na bimby o ricotta, mascarpone e açucar e bater na velocidade 6 até obter um creme homogéneo. Com a máquina em funcionamento juntar os ovos pelo bucal, seguidamente a raspa de limão, a baunilha e as natas e deixar envolver bem.

4. Deitar a massa na forma e levar ao forno por 1 hora e 30 minutos. Desligar o forno e deixar o cheesecake repousar por mais 30 minutos dentro do mesmo.

5. Deixar arrefecer completamente antes de desenformar. Servir de imediato ou deixar no frigorifico por algumas horas para solidificar mais. Polvilhar com açucar em pó. 


sigam o Suvelle Cuisine no Facebook }

 Bom apetite, Su



Title Here 

Text here
Ingredients:


  • 1
 

Method

1.Grease



follow Suvelle Cuisine on Facebook }

 Bom apetite, Su

19 comentários:

  1. Adoro cheesecake, e este parece delicioso:) Há muito tempo que não passava por aqui, e estive a ver as tuas fotos com a tua barriguinha linda:) Vocês são uma família fantástica! bj

    ResponderEliminar
  2. Tão lindo este texto Su, no entanto sempre li que o cheesecake italiano era aquele que não ia ao formo e solidificava com gelatina este que tu descreves parece uma receita de cheesecake typico de Nova Iorque mas com queijos italianos, eu custumo fazer com o clássico cream cheese, mas com ricotta e mascarpone parece-me muito bem.

    Um dia, depois das gémeas e das rotinas normalizadas, juntamo-nos num desafio culinário entre o comfortably light (teu) e pure comfort (meu)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão :)
      Também foi isso que eu pensei inicialmente, mas na verdade esta receita veio diretamente de um colega do Nuno que é italiano. Ao que parece é um cheesecake tipico de uma zona em particular da Itália.
      Seja como for, a consistência não é bem como as dos cheesecakes/bolos americanos e definitivamente é DELICIOSO! Experimenta ;)
      E quanto ao desafio, count me in ;)

      Eliminar
  3. Olá Su, que post tão lindo! :)
    Vais ver que o teu pequeno vai amar as manas mais do que nunca e mais tarde irá agradecer-te por teres trazido ao mundo duas manas maravilhosas!
    O cheesecake assim também deve ficar delicioso!
    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  4. Adorei o post. A receita é fantástica, e deixou-me a salivar, mas a parte que mais gostei foi sobre a gravidez das gémeas. Também eu sou mãe de gémeas e um mano mais velho. Também eu senti isso tudo! Mas posso garantir que é mesmo uma sensação especial e maravilhosa podermos dizer que são dois!!!
    Muitas felicidades, e tudo a correr bem nesta recta final! Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  5. Olá!

    Muitos parabéns pela óptima noticia! Eu apesar de não ser nova por estas andanças, andei muito tempo longe e só agora vi a novidade!
    Muitas felicidades!

    Que cheesecake maravilhoso!

    Obrigada!

    ResponderEliminar
  6. Gostos muito de passar por aqui...gosto de ler os teus textos!

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Ai esse sentimento de traição, como me reconheço e ainda hoje por vezes esse sentimento me assola levando-me a querer mostrar-lhe TODOS os dias o quanto é especial para mim mesmo havendo uma "bebejinha" linda que entrou nas nossas vidas para a tornar ainda mais especial.
    Parabéns pelo blog (lindooooo) e pelas gémeas e já agora pelo cheese cake ;) parece ser realmente divinal!
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Lindo post como sempre.
    O chessecake é a minha perdição e este ficou divino
    bj

    ResponderEliminar
  9. Ah Su, tenho a certeza que o teu rebentar pelas costuras é verdadeiramente elegante. e tenho a certeza que o Rafael, apesar daquela adaptaçãozinha inicial, vai adorar ser o mano grande. Só é preciso não o deixar regredir naquelas coisas que as manas vão fazer e que ele já não faz (chupeta, chuchar no dedo e afins...).
    E este cheesecake? Que tentação!!!!

    ResponderEliminar
  10. Revejo-me em muito do que aqui diz, principalmente no "não saber estar quieta"... !!
    Deixo aqui o meu agrado por este blog tão cuidado, o desejo de felicidades para as duas "joaninhas" que vêm desses pés de bailarina e também ao mano, que evidentemente tem que ter o papel principal na recepção :-)
    Também eu me senti um pouco "culpada" e com receio de prevalecer a atenção à menina que iria ter, cinco anos depois do menino... mas tudo se desvaneceu e o mano, tão importante como a princesa, não se sentiu "deixado" para trás. Chamava-o para em tudo me ajudar com a mana!
    Um cheesecake de espevitar paladares e uma fotos extraordinárias.
    Muitas felicidades e vou andar por aqui.
    Beijinhos
    CláudiaV

    ResponderEliminar
  11. Belissima cheesecake. As cores ficaram tão vibrantes! Parabéns!

    ResponderEliminar
  12. Adoro o cheesecake e adorei o teu texto!
    E não te preocupes muito com o teu terrorista, tenta sempre mostrar-lhe que ele vai ter dois presentes maravilhosos! ;)
    Um beijo enorme!

    ResponderEliminar
  13. Que perdição deve ser esse cheesecake!
    Não consigo imaginar a alegria que é ter duas pequenas bailarinas ;)
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Su....como adoro o que escreves... ao ler os teus posts fico com saudades da gravidez... :)
    O cheesecake está mesmo irresistível...e as fotos estão lindas...!

    Bjinhoos

    ResponderEliminar
  15. Deve ficar uma delícia!!Parabéns pelas duas princesas :)

    ResponderEliminar
  16. Quero muito experimentar esta receita:)

    Sabes em dizer a quantidade da chávena? é uma chávena de chá? obrigada e beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vanessa, quando digo chávena é o equivalente a "Cup" medida tipicamente usada pelos americanos. Seja como for, tipicamente uso uma daquelas canecas do leite (as de chá são ligeiramente mais pequenas) e desde que use sempre a mesma à partida não terá qualquer problema.
      Aproveito para lhe dizer que esta receita vale mesmo a pena experimentar, porque é das coisas mais deliciosas que eu já comi :) Boa sorte e depois conte como correu.
      Beijinhos

      Eliminar