Pão Pita no fogão... e a vontade de fazer nada


{scroll down for english version}


Tenho de ser sincera, por vezes apetece-me tudo... menos cozinhar.

Pita

Há dias em que simplesmente não apetece pensar no que fazer para o jantar e que bom mesmo é optar por umas tostas rápidas e saborosas ou até mesmo um frango de churrasco que sabe sempre bem.
Há dias em que me pergunto o que será de mim quando tiver três adolescentes esfomeados para alimentar e uma vontade equivalente à de correr uma maratona...

Pita_20140306_0004

Sim, há dias em que dou douradinhos ao meu filhote porque simplesmente não me apetece fazer mais nada. E nesses dias pergunto-me como é que a minha mãe conseguia?

Pita_20140306_0001

Honestamente acho que não há nada de errado com o ter-se alguma preguiça esporadicamente, é apenas natural que assim seja. 

Porque depois há outros dias em que nos esmeramos e fazemos qualquer coisa que nos deixa orgulhosas e com o sentimento de sermos verdadeiras donas do lar [ou quase]. 
Dias em que fazemos pães pita do zero com farinha espalhada por toda a cozinha - incluindo as pequenitas -, desorganização total na bancada e uma pilha de loiça para lavar.

Pita_20140306_0022

Pita_20140306_0012


E são esses dias que nos fazem saber que o sermos preguiçosas ocasionalmente não implica que não sejamos dedicadas nos restantes dias, porque afinal não somos perfeitas mas damos o nosso melhor.


Ingredientes


  • 2 chávenas de farinha
  • 1 c. chá de fermento seco
  • 1 pitada de sal
  • 1/4 c. chá de açucar
  • 1/2 chávena + 5 c. copa de água
  • 500 gr de carne de vitela picada
  • 1 c. sopa de cominhos
  • 1 c. sopa de pimentão doce
  • 1 c. sopa de caril
  • 1 c. chá de alho em pó
  • 1 c. chá de sal
  • 1 fio de azeite
  • Tomates cherry a gosto
  • Queijo da ilha ralado a gosto
  • Coentros picados a gosto

Preparação

1.  No copo da bimby colocar a água, o fermento e o açucar e programar 2 minutos na velocidade 1, T 37º de forma a ativar o fermento.

2. Juntar a farinha e o sal e programar 2 minutos na velocidade espiga. A massa deve ter uma consistência elástica, pelo que se necessário adicionar mais água ou farinha. Retirar para uma superfície enfarinhada, amassar um pouco com as mãos e formar uma bola. Deixar repousar até dobrar de volume.

3. Numa taça envolver bem a carne com as especiarias o sal e o alho em pó. Aquecer uma frigideira antiaderente com o fio de azeite e juntar a carne. Deixar a carne alourar bem, mexendo sempre de forma a que a carne se vá separando.

4. Dividir a massa em seis bolas e esticar cada uma, sobrepondo os discos intercalados com papel vegetal. Aquecer uma frigideira antiaderente e colocar cada disco durante cerca de 5 minutos de cada lado, ou até que comece a inchar formando as bolsas. 

5. Rechear o pão pita com um pouco de alface, tomatinhos cherry, a carne picada e polvilhar com o queijo ralado e os coentros. Opcionalmente regar com um pouco de molho à escolha.




sigam o Suvelle Cuisine no Facebook }

 Bom apetite, Su



Stove Pita Bread



Ingredients:


  • 2 cups Flour
  • 1tspoon  dry yeast
  • 1 pinch of salt 
  • 1/4 tspoon sugar 
  • 1/2 cup + 5 tspoon water 
  • 500 gr of minced veal 
  • 1 tblspoon Cumin 
  • 1 tblspoon sweet chil 
  • 1 tblspoon Curry 
  • 1 tspoon garlic powder 
  • 1 tspoon salt 
  • 1 drizzle of olive oil 
  • Cherry tomatoes to taste
  • Grated parmesan cheese to taste 
  • Chopped cilantro to taste


Method

1. In thermomix cup pour the water , yeast and sugar and set two minutes at speed 1,  Temp 37º  in order to activate the yeast . 

2. Add the flour and salt and set two minutes on the dough speed. The dough should have an elastic consistency , and if necessary add more water or flour. Remove to a floured surface, knead a bit with your hands and form a ball . Let stand until doubled in volume. 

3. In a bowl wrap the meat with spices salt and garlic powder . Heat a nonstick skillet with drizzle of olive oil and add the meat . Leave the meat to brown well , stirring so that the meat separates well. 

4. Divide the dough into six balls and stretch each overlapping discs with kitchen paper. Heat a nonstick skillet and place each disc for about 5 minutes per side, or until it begins to swell forming bags.

5. Stuff the pita bread with some lettuce , cherry cherry tomatoes , minced meat and sprinkle with grated cheese and coriander . Optionally sprinkle with a little sauce of your choice.



follow Suvelle Cuisine on Facebook }

 Bom apetite, Su

15 comentários:

  1. É verdade, existem dias que não nos apetece cozinhar mas, mesmo assim cozinhamos, porque a familia está acima de tudo.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Adorei este post sobre imperfeição! :)
    bjinhos vou experimentar a receita de certeza

    ResponderEliminar
  3. Faço as minhas pitas sempre no fogão. Tenho uma receita grega que é perfeita. Mas as pitas nãos são de bolsa de ar como essas. Não se pode abrir ao meio mas pode-se dobrar em envelope, à moda dos souvlaki :)

    ResponderEliminar
  4. Hmmm, que delícia! Adoro pão pita, vou ter que fazer!

    ResponderEliminar
  5. Ás vezes a preguiça também bate á minha porta e não que ir embora...
    Nunca fiz pão pita e gostei muito do teu.
    Fiquei com vontade de expermentar
    BJ

    ResponderEliminar
  6. Como eu me identifico com este post...porque as vezes é tão bom não fazer nada e depois descansar.
    Imagino que com 3 crianças pequenas esses momentos de preguicite aguda não abundem!
    Adoro pão pita...vou por na lista de receitas a experimentar!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  7. Gosto mesmo de pão pita...e já me passou pela cabeça fazer... mas é mais uma das minha vontades que ficando no papel. O tempo realmente, não chega para tudo! Quando a vontade não é muita ou nenhuma, é o momento para recorrer aos rissóis ou croquetes congelados que guardo religiosamente no congelador, enviados pela empregada dos meus pais ( e que deliciosos são). Acompanhados de batatinhas na Actifry (frita praticamente sem óleo) e de uma saladinha de alface e tomate :-)
    Prepara-te... a adolescência chega num ápice :-(
    Beijinhos... e mais uma vez, LINDAS FOTOS :-)
    CláudiaV

    ResponderEliminar
  8. Olá Suvelle,
    Cada vez mais e mais, adoro ler os teus posts...
    Sim, podemos ser mães e mulheres preguiçosas de vez em quando, pois não o somos na maior percentagem do tempo e o facto de não o sermos sempre, mostra a todos e principalmente aos nossos filhos, que somos humanos e não robots!!
    Adoro pão pitta e olha que nunca experimentei fazê-lo, por isso, muitos parabéns por o fazeres de raíz e por partilhares connosco essa deliciosa refeição que proporcionaste â tua família.
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  9. Que belas fotos, Susana!
    Adorei esta receita do pão pitta..
    A preguiça também me atinge por vezes...há dias em que não apetece nada cozinhar e depois há outros dias em que apetece fazer tudo...
    Beijinhos

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Adorei a ideia de poder fazer os meus próprios pães pita, acontece que não tenho Bimby posso adoptar a receita e fazer de modo tradicional?

    ResponderEliminar
  11. Oh acredita que não és a única, eu tb tenho dias assim em que o frango assado reina cá em casa! Mas acredito que com filhos isto se torne mais complicado! Adorei a receita, hmm pão pita sou fan

    ResponderEliminar
  12. É verdade, há dias assim. E eu tenho vários dias desses, em que não apetece fazer mesmo nada. :p

    O pão tem um aspeto delicioso! ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  13. WOW!!!!!
    Parecia que me estava a ler a escrever este post, com a diferença de ainda só me imaginar com uma adolescente. Ehehe
    Eu adoro pão pita, nunca fiz. Hei-de experimentar e depois venho aqui sentir-me um pouco como tu.
    parabéns Su, estão lindos e super apetitosos.

    ResponderEliminar
  14. Esse pão, ficou com um aspecto!! Wohh!!!! Big like!!

    ResponderEliminar
  15. O pão ficou com um aspecto tão suculento. Adorei a sugestão.

    ______________________
    Ana Teles | Telita
    blog: Telita na Cozinha

    ResponderEliminar

09 10