Mini Flaugnardes de Framboesas... e as promessas perdidas no tempo


{scroll down for english version}


Inspiro profundamente aquele ar que me reporta ao passado e tento, em vão, capturar o momento que já não é.

LR29 Clafoutis_20140423_0057

Tudo ali me faz recordar... o cheiro da terra, o som do rio que flui como se o tempo jamais passasse, as pedras de xisto de um moinho de outrora, as pessoas que agora sorriem curvadas com a expressão carregada das marcas da vida que já foi.

Clafoutis_20140423_0066 Clafoutis_20140423_0060

E eu recordo as promessas que não o chegaram a ser, aquelas que se perderam algures no tempo lá longe, que me fazem querer voltar por breves instantes ao lugar onde jamais voltarei. 

Inspiro profundamente e sinto que já nada é como era. O tempo passou e continua a passar, as pessoas partiram e outras rumaram a lugares distantes. Já nada é como era...

Clafoutis_20140423_0070

Mas recordo porque são as recordações que me dizem que a vida é para ser vivida sem contenção ou remorsos, que aquilo que não foi jamais o será e que as promessas perdidas no tempo é lá que deverão permanecer... 

Clafoutis_20140423_0074

... guardadas ainda que não esquecidas...

Ingredientes


  • 1/2 chávena de Farinha
  • 1/2 chávena de açúcar
  • 3 ovos (preferencialmente biológicos)
  • 1 pitada de sal
  • 3 c. sopa de creme vegetal (ou manteiga sem sal)
  • Raspa de 1/2 limão
  • 1/4 chávena + 2 c. sopa de leite
  • 1 chávena de framboesas

Preparação

1. Pré-aquecer o forno a 180º

2. Barrar formas pequenas de pudim com creme vegetal ou opcionalmente uma forma maior.

3. Bater os ovos com o açúcar e o creme vegetal, na bimby velocidade 3 cerca de 30 segundos. Juntar a farinha, o sal, a raspa de limão e o leite e misturar muito bem por mais 3 minutos na velocidade 3.

4. Distribuir o preparado pelas formas e nelas colocar as framboesas inteiras, delicadamente. Levar ao forno por cerca de 30 minutos.




sigam o Suvelle Cuisine no Facebook Instagram }

 Bom apetite, Su



Mini Raspberry Flaugnardes



Ingredients:


  • 1/2 cup of flour 
  • 1/2 cup Sugar 
  • 3 eggs (preferably organic) 
  • 1 pinch of salt 
  • 3 tblspoon of vegetable butter (or unsalted butter) 
  • Zest of 1/2 lemon 
  • 1/4 cup + 2 tblspoon milk 
  • 1 cup of raspberries


Method

1.Preheat oven to 180 ºC   

2. Butter small pudding pans or optionally a tart pan. 

3. Whisk the eggs with the sugar and vegetable butter in thermomix speed 3 about 30 seconds. Add the flour, salt, lemon zest and milk and mix well for 3 minutes at speed 3. 

4. Distribute the mixture through the pans and gently place the raspberries whole. Bake for about 30 minutes.



follow Suvelle Cuisine on Facebook and Instagram }

 Bom apetite, Su

15 comentários:

  1. Receita, fotografias e texto lindos....
    Parabéns!!
    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  2. de facto tudo muda em instantes. restam-nos sempre as lembranças... e os deliciosos flaugnardes

    ResponderEliminar
  3. Parece que estás a falar do lugar onde a minha mãe nasceu e onde vou sempre que posso.
    Uma aldeia com muito poucos jovens. A minha filha tem 2 meninas da idade dela para brincar, apenas!
    Os sonhos de famílias juntas ali, também se perderam. A emigração tomou conta da aldeia.
    O teu texto caracteriza o sentimento da minha mãe, cada vez que lá vai. Apodera-se dela um saudosismo de épocas felizes, da escola, dos amigos. Do movimento da aldeia, dos próprios pais.
    Terra, não de xisto, mas de eucaliptos, pinheiros, vinhas a perder de vista e terra vermelha.
    Gostei, mais uma vez, das tuas palavras que me recordam sentimentos da aldeia na Serra de Montejunto, a minha mãe e os meus avós.
    E os flaugnardes na tábua por pintar... lindos e atractivos para um lanche ao ar livre :-)
    Beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
  4. Fantástico! texto, receita, e fotos é claro :)
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Lindo como sempre! Fiquei feliz por não teres pintado a tábua :) beijos

    ResponderEliminar
  6. E como me revi nas tuas palavras ao lembrar de onde vim e onde tantas vezes me prometo a mim mesma que um dia tenho que voltar. Uma promessa guardada mas não esquecida :)
    As tuas fotos estão lindas, como sempre. Até breve.

    ResponderEliminar
  7. Ficaram lindas e com um fruto que adoro.
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Que lindo! Deve ser uma delícia :) (a tábua também está linda assim...)

    ResponderEliminar
  9. Lindo!! Delicioso esse pedaço de bom tempo à mesa.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  10. Receita maravilhosa :)
    tenho a certeza que esta não foi uma promessa por cumprir, é linda, promete ser uma delícia, e de certeza que foi. só pode ter deixado boas recordações....
    bjinhos

    ResponderEliminar
  11. Como já te tinha dito estão lindas as imagens, e esta tua receita deve ser mesmo boa.
    Gosto, cada vez mais, deste teu cantinho. És mesmo uma inspiração. Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  12. Que delicias Su! Sempre com receitas tão boas e textos tão bem escritos... gosto tanto de aqui vir :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Ficaram tão lindas as tuas flaugnardes!!! As framboesas tudo melhoram mesmo :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Lindo texto e que me leva a uma aldeia do Norte de Portugal que tanto amo e que esta como descreves, perdida no tempo e quase deserta...
    Quanto aos flaugnardes, irresistíveis, como tudo o que por aqui publicas.
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar