Puré Tosco de Favas... e o regresso inevitável


{scroll down for english version}


O regresso custa sempre. E como poderia não custar? Como poderia ser fácil deixar dois sorrisos lindos e encarar uma outra realidade tão diferente?

untitled_20140516_0002

Nessa manhã troquei a roupa confortável pela saia lápis, as sabrinas pelos saltos altos, as fraldas pelas reuniões. Saí para trabalhar com a vontade de regressar à vida ativa mas com um nó na garganta por saber que, também elas, terão saudades. Porque as minhas, aquelas que eu sinto, nada são comparadas com as que elas possam sentir.

untitled_20140429_0088 Collages13

E entre uma reunião e mais um documento para ler, no telemóvel um sms com uma foto daqueles sorrisos lindos que me animam e me dão alento para o resto do dia. E como o dia se torna tão melhor por saber que, no final, elas estarão lá para me receber.

untitled_20140429_0092 untitled_20140516_0006 untitled_20140429_0091 untitled_20140516_0003

Sim, o regresso custa sempre. Mas o regresso tinha de acontecer, o regresso precisava de acontecer. Eu precisava de regressar.

Ingredientes


  • 1/2 kg de favas em vagem
  • 1 dente de alho
  • 1 fio de azeite
  • 1/2 c. sopa de farinha
  • 1/2 chávena de leite magro
  • Sal q.b

Preparação

1.  Cortar as favas em rodelinhas finas e cozer em água fervente com sal. Reservar.

2. Num tachinho colocar o dente de alho picado com o azeite e deixar alourar ligeiramente. Juntar as favas e mexer.

3. Adicionar a farinha e mexer muito bem de forma a que a mesma cozinhe. Juntar o leite, mexendo muito bem e deixar cozinhar por mais dois a três minutos. Retificar o tempero e servir.




sigam o Suvelle Cuisine no Facebook Instagram }

 Bom apetite, Su



Rustic Fava Bean Puree 



Ingredients:


  • 1/2 kg fava bean pods
  • 1 garlic clove
  • 1 drizzle olive oil
  • 1/2 tblspoon flour
  • 1/2 tblspoon skim milk
  • Salt to taste


Method

1. Cut the beans into thin slices and cook in boiling salted water. Set aside. 

2. In saucepan put chopped garlic clove with olive oil and leave to brown slightly. Add the beans and stir. 

3. Add flour and mix well so that it cooks. Add milk, stir well and cook for another two to three minutes. Rectify the seasoning and serve.



follow Suvelle Cuisine on Facebook and Instagram}

 Bom apetite, Su

14 comentários:

  1. Como te entendo... que lindo texto e as imagens.... wow... estou sem palavras

    ResponderEliminar
  2. Foi na verdade o que mais me custou... fazia falta o trabalho, mas fez-me mais falta o chorinho, a mudanças da fralda, o ficar estarrecida a vê-los dormir e a dar um sorriso e aqueles saltinhos durante o sono :-)
    Imagino-te na ânsia de chegar a casa depressa para lhes tocar, para sentir o cheiro do creme e a pele macia...
    Oh! Que saudade me deu dos meus ainda bebés!
    Bom regresso, Su.
    Beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
  3. Olá Susana!
    Não consigo imaginar essa saudade que te assiste, mas acredito que o final de cada um dos teus dias seja agora muito mais desejado e apreciado.
    Não gosto de favas, mas adorei o post! O texto, lindíssimo, as imagens... sublimes! ;)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Como percebo Su, lembro-me bem do dia do meu regresso... um verdadeiro nó! Até hoje, mesmo 4 anos depois, passo o dia a pensar nele e quando o vou voltar a abraçar no final do dia! Quanto às favas, não sou fã, mas das fotos sou, são lindas!
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Um destes dias escrevo-lhe um e-mail, num comentário não devem caber todos os caracteres que tenho para lhe dizer. :)
    Um grande beijinho e bom regresso! :*

    ResponderEliminar
  6. Bom regresso! É mesmo assim... o puré, uma delícia :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Espero que tenha sido um bom regresso. Chegar a casa tem um outro sabor ainda melhor :)

    ResponderEliminar
  8. Excelente puré! E bom regresso! É sinal que a vida continua sem percalços e que as meninas crescem bem! :-)

    ResponderEliminar
  9. Caramba que o tempo passa mesmo a correr!!!

    Tudo de bom minha querida!

    ResponderEliminar
  10. Espero que o regresso seja bom!
    E esse paté, já marchava, adoro favas. Ainda hoje comi umas.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  11. Sei tão bem do que falas, pois também já senti esse misto de sentimentos...
    adoro favas su e este teu puré tosco é uma tentação!
    Beijinhos,
    Lia.

    ResponderEliminar
  12. Gosto tanto tanto de favas que quando chega a temporada, a opotunidade de comê-las frescas é tão curta, que aproveito favinha a favinha até ser possível.
    O puré ficou lindo! Costumo fazer como o de ervilhas, sem leite nem farinha, apenas sumo de limão e ervas, mas hei-de experimentar também assim. :)
    Um beijinho e que seja agora uma nova fase também com muitas alegrias!

    ResponderEliminar
  13. Acredito que não tenha sido nada fácil o teu regresso. Adorei a tua receita como sempre apresentas tudo da melhor maneira!

    ResponderEliminar