Flores de Courgette recheadas com requeijão no forno... e uma cozinha com janela de calha


{scroll down for english version}


Um fim de semana no campo serve de bálsamo à alma, renova-nos o estado de espírito e reaviva-nos as forças. 

untitled_20140728_0011


Se outrora amava a cidade, cada vez mais anseio a pacificidade e tranquilidade do campo. Os meus olhos deambulam pelas vinhas, pelas fazendas repletas de árvores carregadas de frutos, pelas flores silvestres.

LR56 untitled_20140728_0022

Uma casa por aqui e por ali e, pelo meio, avisto um daqueles casarões antigos com telhados de telha vermelha e heras que se assomam pelas paredes e janelas. E de imediato imagino-me ali, numa cozinha com janela de calha e um forno a lenha, uma mesa rústica no jardim e, quem sabe, um baloiço de madeira numa árvore. 

LR55

Talvez a vida me presenteie com o que tanto sonho. Talvez um dia possa ter o meu próprio jardim de onde colha o meu manjericão e salva diretamente da terra. Talvez consiga ainda ver as minhas crianças pequenas correr e brincar como merecem enquanto, lá dentro na minha cozinha com a janela de calha, amasso o pão para o lanche deles. 

untitled_20140728_0025

Mas enquanto esse dia não chega dou-me por muito feliz com as flores de courgette lindas que o sogro carinhosamente colhe para me fazer a vontade. Com o manjericão, a salva e o tomilho limão que planta apenas porque lhe pedi. E por entre os aromas maravilhosos que, na minha casa da cidade, me fazem recordar o campo vou sonhando com aquele que espero vir a ser o meu futuro próximo.  

Ingredientes


  • 8 a 10 flores de courgette pequenas
  • 1 requeijão (ou ricotta)
  • 4 folhas de salva pequenas + 6 folhas
  • 2 folhas de salva ananás
  • 2 folhas de mangericão
  • 1 c. café de sal
  • 1 fio de azeite

Para a salada


  • Folhas de alface
  • 4 rodelas finas de pepino
  • 6 folhas de salva ananás
  • 1 c. chá de tomilho limão
  • 1 c. sopa de azeite
  • 1 c. chá de vinagre balsâmico
  • 1 c. chá de mel
  • sal a gosto

Preparação

1. Lavar muito bem as flores e remover o interior com muito cuidado para não rasgar as pétalas delicadas. Colocar numa folha de papel absorvente para escorrer bem a água.

2. Numa taça envolver o requeijão e as folhas de salva, salva ananás e mangericão bem picadinhas. Temperar com o sal. Rechear cada flor com o requeijão e enrolar as folhas.

3. Num tabuleiro pincelar o azeite e colocar as flores, rolando-as para que fiquem cobertas com o azeite.  Colocar as restantes folhas de salva. Levar ao forno a 200º cerca de 15 a 20 minutos.

4. Depois de ligeiramente arrefecidas as flores montar a salada com a alface, pepino, salva ananás e o tomilho limão. Misturar o azeite, vinagre, mel e sal mexendo muito bem e regar a salada. Por cima dispor as flores de courgette e as folhas de salva estaladiças.




sigam o Suvelle Cuisine no Facebook Instagram }

 Bom apetite, Su



Zucchini flowers filled with curd cheese



Ingredients:


  • 8 to 10 small flower zucchini 
  • 1 curd cheese (or ricotta)
  • 4  small sage leaves + 6
  • 2 pineapple sage leaves 
  • 2 leaves of basil 
  • 1 coffee spoon if salt 
  • 1 drizzle of olive oil
For the salad


  • Lettuce leaves 
  • 4 thin slices of cucumber 
  • 6 sage pineapple leaves  
  • 1 tspoon Lemon thyme 
  • 1 tblspoon olive oil 
  • 1 tspoon balsamic vinegar 
  • 1 tspoon honey 
  • salt to taste

Method

1. Wash thoroughly the flowers and remove the insides very carefully not to tear the delicate petals. Place a sheet of absorbent paper to drain water well. 

2. In a bowl mix the curd cheese and leaves of sage, pineapple sage and basil finely chopped. Season with the salt. Fill each flower with curd and curl the leaves. 

3. On a tray brush olive oil and place the flowers, rolling them so they are coated with the oil. Place the remaining sage leaves. Bake at 200 degrees about 15-20 minutes. 

4. After the flowers are slightly cooled assemble the salad with lettuce, cucumber, pineapple sage and lemon thyme. Mix the oil, vinegar, honey and salt stir well and drizzle over the salad. Arrange the flowers of zucchini on top along with crispy sage leaves.



follow Suvelle Cuisine on Facebook and Instagram}

 Bom apetite, Su

18 comentários:

  1. E quem não sonha com essa casa de campo, Su?! Eu nasci no campo, rodeado de animais e terrenos de cultivo e o meu sonho sempre foi viver na cidade, estar perto de tudo e de todos. Acontece que, com o passar do tempo, esse sonho foi-se desvanecendo e tal como tu também sonho com essa casa de campo. Um dia vou ter a minha casa de campo. ;)
    Em relação às flores de cougette, adorei o prato, já experimentei, também recheadas de requeijão, mas na versão mais pecaminosa. Com o belo do polme e fritas. :P
    As imagen estão lindas e muito inspiradoras.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Célio, sim, acho que cada vez mais as pessoas se dão conta que a qualidade de vida no campo é tão, mas tão melhor.
      Eu tenho a certeza que irei ter a minha casa no campo, vamos é ver quando será :)
      A versão mais pecaminosa também a quero fazer, em especial para o Nuno, mas agora é esperar pelas próximas flores.
      Beijinho

      Eliminar
  2. Querida Su,
    Sonhas o meu sonho e at]e consegui visualizar as crianças a brincar no jardim e consegui ouvir os seus risos infantis. Consegui visualizar essa cozinha com fogão a lenha e janela de calha...
    Minha querida, deixa-me dizer-te que, se as tuas fotos normalmente já são um sonho, estas estão ainda mais lindas e deslumbrantes e o prato que nos trazes, muito do meu agrado, é uma verdadeira tentação!
    Um grande beijinho doce Su,
    Lia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Doce Lia, tu és uma rajada de alegria e motivação :) Deixas-me sempre, e inevitavelmente, com um sorriso rasgado sempre que leio os teus comentários.
      Grande beijinho

      Eliminar
  3. As fotos são lindas como sempre, a receita é uma delicia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Gostei imenso do prato!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Nunca tinha visto essa flor...
    Estão lindas as fotografias e a receita parece mesmo deliciosa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tipicamente as flores não estão à venda, mas se frequenta um mercado habitual pode pedir a um dos comerciantes para lhe arranjar :)
      Beijinhos e obrigada Caroline

      Eliminar
  6. Que lindo Su,
    o texto e as flores, adoro!
    Este ano resolvi deixar as flores seguir o seu caminho, mas adoro em fritattas.
    E sim, já saí da cidade e voltei ao campo, lá respiro de outra forma.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Fico tão encantada com a sua escrita, tão deliciada!
    Um sonho tão bonito que pode, com certeza, ser realizado.
    Uma amiga minha tem uma casa no campo, um terreno grande, um enorme jardim com piscina.
    Nos domingos de verão, costumo passar lá as tardes.
    A magia do entardecer, a refeição (quase sempre cozinhada em forno de lenha) no grande alpendre, onde a mesa e a toalha com motivos campestres convidam ao repasto de uma comida deliciosa, enquanto o pôr-do-sol,serenamente nos convida a esquecer a cidade e ficar ali...
    Adoro estes momentos.
    Quanto à receita e às fotos "excelente".

    ResponderEliminar
  8. Como te percebo... apesar de a vida no campo ser mais dura e com trabalho bem mais físico, eu acho que as pessoas são mais felizes, têm mais qualidade de vida e parecem ter as prioridades correctas, dando importância aquilo que é realmente importante. Eu também quero ir viver num sítio com muito espaço exterior para poder plantar, um belo forno a lenha e um churrasco e uma cozinha grande e aberta para o exterior. E também acho que a vida me vai trazer o que anseio :)

    ResponderEliminar
  9. Que post fantástico como sempre, as cores e a receita estão lindas. é tão bom ver as flores de courgette numa receita saudável, normalmente são sempre fritas e eu especialmente não sou grande fan. Quero aqui dizer-te que adorei o comentário que fizeste hoje no post da Clavel. É um assunto que me deixa muito revoltada, sabes na minha profissão lido com isso diariamente, é uma pena a copia "muito descarada" não ser punida por lei. beijos

    ResponderEliminar
  10. Olá minha querida,

    Não sei se sabes, mas eu vivi no campo. Não foi nada bom na época. Acho que a decisão dos meus pais de irmos para uma aldeia em Trás-os-Montes na altura em que foi, foi pensada por eles de uma forma muito romantizada, que depois acabou por se tornar um verdadeiro pesadelo (principalmente para mim). Eu estava habituadíssima à cidade, tinha os meus amigos e família perto de casa. Andava no ballet e amava andar no ballet. E de repente fiquei sem nada... fui parar a uma quinta maravilhosa para passar férias, péssima para viver. Entendo o que dizes, realmente é lindo o campo, e agora que damos valor ao poder colher o que consumimos, traz um valor acrescido. Todo este testamento para te dizer que realmente concordo contigo, mas que a vontede de viver no campo, para mim, ainda não existe. eheheh

    Em relação à tua receita... bem.... mesmo à minha medida. Também fujo dos fritos a 7 pés e amo de coração as tuas fotos.

    ResponderEliminar
  11. E pensar que tenho uma quinta no campo! Onde posso ir sempre que quiser, mas que na verdade vai ficando para trás aos fins de semana, sempre com tanto trabalho. A casa não me dá sossego!
    Tenho pomar, espaço, pinheiros, eucaliptos... Tantos espaço! e até uma rede e um baloíco que montei nas férias da Páscoa. Enfim, um mundo à parte para me refugiar.
    E se soubesses os sonhos que tenho para lá! Até imagino um grupo de amigos a cozinhar, no enorme espaço das traseiras, num sobe e desce escadas para a cozinha.
    Sonho muito (demais, como me disseram em tempos:-)
    As flores, o prato, o paninho... a receita, tudo lindo, bem ao teu maravilhoso estilo.
    Muitos beijinhos
    Cláudia

    ResponderEliminar
  12. Olá norinha fiquei muito contente e sensibilizado com as tuas palavras. Sabes que faço tudo isso com muito amor. Amanhã mesmo vou às Caldas comprar mais ervas, algumas que nem sei o sabor nem o cheiro, mas são para tú testares. Vou plantar mais courgettes no nosso quintal para teres todas as flores que necessitas para as tuas recetas. Beijinhos e boas férias.

    ResponderEliminar
  13. Bem... que fotos maravilhosas nos trazes!
    E que receita fantástica!
    Parabéns.

    Beijinhos e boas férias! :)

    Sílvia

    ResponderEliminar