Crostata de abóbora... e o nosso sonho.


{scroll down for english version}


Há já muito tempo que era um sonho nosso.

untitled-8

O sonho de criarmos os nossos filhos num local tranquilo e de proximidade com mais natureza e menos prédios, carros ou pressas. O sonho de uma casa grande com um jardim para eles correrem e brincarem, uma mini horta onde colocar a minha salva e o meu manjericão e até mesmo umas rosas ou uns malmequeres. 
Um local onde possamos ouvir os pássaros cantar pela manhã e sentir o cheiro do orvalho na erva, onde os vizinhos conheçam os meus filhos pelo nome e onde as crianças ainda peçam o pão por Deus.

Crostata1

É esse o sonho que temos para nós. O simples sonho de uma casa no campo. 

Como tudo na vida, haverá com toda a certeza alguns sacrifícios a fazer. Viagens um pouco mais longas para o trabalho, a distância de um centro onde tudo está a dois passos de caminho, um recomeçar de novo que pode inicialmente até assustar.
Mas, depois de muito bem pensados e repensados todos os prós e contras, sabemos – como sempre soubemos – que estamos mais do que dispostos a pagar o preço. Sabemos que nada vem de forma fácil e que seremos mais do que capazes de orientar e gerir uma nova vida para podermos ter tudo o que de positivo ela possa ter para nos dar.

Crostata2 untitled-15 untitled-22

E por isso demos o passo. Encontrámos a nossa casa perfeita num local perfeito - afinal aquele onde casámos – e resta agora os últimos acabamentos e detalhes ao nosso gosto pessoal para que, em breve, nos possamos mudar. 

untitled-16

Se me assusta esta mudança? Mais do que possam imaginar. Mas sabemos que é este o passo que temos de dar, sabemo-lo do fundo do coração. E eu sei que acreditando em nós, como sempre fizemos, levar-nos-á à nossa felicidade. 




Ingredientes

Massa


  • 300 gr Farinha
  • 130 gr manteiga vegetal
  • 70 gr água
  • 1 pitada de sal
Recheio
  • 700 gr de abóbora menina, cortada em pequenos cubos
  • 1 c. sopa de manteiga vegetal
  • Folhas de salva a gosto
  • Estragão fresco
  • 1 punhado de amêndoas laminadas
  • Sal
  • Pimenta

Preparação

1. Colocar os ingredientes da massa no copo da bimby e amassar durante 15 segundos na velocidade 5. Retirar a massa, formar uma bola e reservar no frigoríco. 

2.  Colocar a abóbora num tabuleiro, polvilhar com sal e espalhar nozes da manteiga. Por cima colocar as folhas de salva e levar ao forno cerca de 30 a 40 minutos a 180ºC

3. Dividir a massa em 2 porções e estender 2 discos sob papel vegetal. Depois da abóbora ligeiramente arrefecida, dividir pelas porções da massa, colocando no centro. Fechar os rebordos da massa, dobrando-a para cima. Polvilhar com mais algumas folhas de salva e com o estragão.

4. Levar ao forno por mais cerca de 20 a 30 minutos ou até que a massa esteja douradinha. A 5 minutos do final distribuir as amêndoas laminadas por cima das crostatas.




sigam o Suvelle Cuisine no Facebook Instagram }

 Bom apetite, Su



Butternut squash crostata... and our own dream.


It has been a dream of ours for a long time. 

The dream of raising our children in a quiet place, closer to nature and away from buildings, cars or haste. The dream of a big house with a garden for them to run and play, a mini vegetable garden to put my sage and my basil and even a few roses or daisies. 
A place where we can hear the birds sing in the morning and smell the dew on the grass, where  the neighbors know my children by name and where the kids still ask for the Bread of God

This is what we dream for our family. The simple dream of a house in the country. 

Like everything in life, sure there will be sacrifices one must make. Longer drivings to work, the distance from a center where everything is within a walking distance, a new start up that may initially scare. 
But after having thought through things very well and rethought all the pros and cons, we know - as we have always known - that we are more than willing to pay the price. We know that nothing comes easily and that we will be more than able to guide and manage a new life in order to have whatever positive things it might have to offer us. 

And so we took the step. We found our perfect house in a perfect location - after all the one where we got married - and now remains the last finishes and details to our personal tastes so that soon we can move in. 

If this change scares me? More than you can imagine. But we know that this is the step we need to take, we know it from the heart. And I know that believing in us, as we always have, will lead us to happiness. 


Ingredients:

Massa
  • 300 gr Flour 
  • 130 gr vegetable butter
  • 70 gr water 
  • 1 pinch of salt
Recheio
  • 700 g of butternut squash, cut into small cubes 
  • 1 tblspoon vegetable butter 
  • Sage leaves to taste 
  • fresh tarragon 
  • 1 handful of flaked almonds 
  • salt 
  • pepper


Method

1. Place dough ingredients in thermomix cup and knead for 15 seconds on speed 5. Remove the dough, form a ball and reserve the fridge. 

2. Place the pumpkin on a baking tray, sprinkle with salt and spread nuts of butter. On top put sage leaves and bake about 30 to 40 minutes at 180 ° C 

3. Divide the dough into 2 portions and roll two discs in parchment paper. After the pumpkin slightly cooled, divide the portions of the dough, placing it in the center. Close the edges of the dough, folding it up. Sprinkle with some more sage leaves and tarragon. 

4. Bake for another 20 to 30 minutes or until the pastry is golden brown. In the final five minutes, distribute the flaked almonds over the crostatas.



follow Suvelle Cuisine on Facebook and Instagram}

 Bom apetite, Su

26 comentários:

  1. Oh Su.. cada dia que passa mais tenho a certeza de que os nossos caminhos terão de se cruzar um dia. Tantas coincidências não podem ser "só" coincidências! Bolas! :) Grande sonho!
    Em relação à mudança... tão bem que te entendo, mas tão bem. E os primeiros momentos vão ser uma mescla de satisfação e concretização com muitas coisas novas que não serão tão boas como as anteriores, e que toda uma readaptação será necessária... Mas no final vai tudo valer a pena. Estou contigo, minha querida. Um beijão enorme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... eu também já te tinha dito isso. É engraçado não é?
      Quanto à mudança, estou (estamos) plenamente consciente de que vão haver algumas coisas menos boas e que nem tudo será um mar de rosas... e claro, isso assusta. Espero que sejamos capazes de encarar isso com tranquilidade e perseverança.
      Um enorme beijo

      Eliminar
  2. ahhh e tens aí um candeeiro meu com uma abóbora! LOL :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehhh.. sim eu sei... e estou tentada a fazer um candeeiro destes para mim :)

      Eliminar
  3. Que bom Su. Deste lado paramos muitas vezes para pensar, quando tivemos de mudar de casa, entre um apartamento em Lisboa e uma casa nos arredores (campo). Todos os dias agradecemos a nossa escolha. Dormimos com silêncio, as nossas filhas andam de bicicleta na rua e ajudam os vizinhos a tratar da horta e dos animais. Recebemos ofertas de ovos e legumes. Temos tudo de bom que é viver numa pequena comunidade. Sim, perdemos a centralidade mas para nós foi a melhor escolha. Mesmo o tempo que demora a regressar a casa é saboreado porque assim que começamos a ver as oliveiras entra logo a sensação de paz. Desejo-vos as maiores felicidades na nova casa. Bjs T.

    ResponderEliminar
  4. Ficou linda. Deve ter ficado tão saborosa!

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    feedly - bloglovin' - Facebook


    ResponderEliminar
  5. Com certeza o passo está certo quando vem do fundo do coração :)
    Desejo-vos o melhor no vosso novo cantinho.
    Um abraço enorme querida

    ResponderEliminar
  6. Muita sorte nessa nova etapa!
    Que lindas fotos :)
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. As mudanças são sempre acho que fazes bem , desejo-te muitas felicidades.
    Bj

    ResponderEliminar
  8. O sonho de viver no campo persegue-me... apesar de ter uma quinta em plena Serra de Montejunto, mas demasiado longe para vir trabalhar todos os dias e para a escola das crianças.
    Mas não desisto e um dia irei também entrar por uma porta raspada pela idade e que eu própria farei renascer.
    Sonhar dá vida à vida.
    Continua, suave Su e vai mostrando a evolução. Eu, como arquitecta de interiores, ADORO obras ;-)
    Beijinhos querida
    Cláudia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conto poder partilhar tudo com vocês sim. Muito obrigada Cláudia pelas tuas sempre queridas palavras, um enorme beijinho.

      Eliminar
  9. Ah... receita encantadora!
    Perdi-me nos sonhos e a receita ficou na nuvem esquecida ;-)
    Beijitos
    C

    ResponderEliminar
  10. Todas as mudanças assustam... todas!
    Mesmo quando se muda para melhor, mesmo quando a mudança é para algo que nós ambicionamos, o medo assiste por natureza ao ser humano.
    Parabéns pela mudança e pelas fotos que estão lindas!
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dora, acho que realmente é assim e não há muito a fazer :)
      Beijinho e obrigada

      Eliminar
  11. Que bom! Acho que fazem muito bem, tenho a certeza que vai ser maravilhoso e que a familia vai ser ainda mais feliz. Estou mortinha por ver fotos do vosso sonho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim esperamos nós Ondina :)
      Quanto às fotos, podem contar com elas sim quando chegar a altura.
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  12. Vai correr tudo bem Su.
    Morar no campo é muito bom, e se for perto da cidade deve ser ainda melhor, no meu caso é longe da cidade.

    ResponderEliminar
  13. Como dizia Pessoa "primeiro estranha-se depois entranha-se"... veres crescer os teus filhos ' em liberdade' faz tudo valer a pena e nos dias em que a mudança teimar em pesar colhes umas 'ervas' da tua horta e tudo retoma o seu curso e volta a fazer sentido. Com essa convergência da vontade dos dois tem tudo para dar certo a 5!! ;)

    Saudações transmontanas.

    ResponderEliminar
  14. Muito boa sorte Suvelle, que tudo corra como vocês assim desejam! É tão bom viver numa zona tranquila, eu felizmente tenho essa sorte. beijo

    ResponderEliminar
  15. Adorei a crostata de abóbra, mas muito mais saber que vais realizar o teu sonho!
    Viver no campo, num sítio tranquilo é muito bom, poderes ter uma pequena horte e jardim é maravilhoso.
    Segue o sonho e sê feliz! Beijinho.

    ResponderEliminar
  16. Olá querida!

    Que receita maravilhosa... adorei! :)

    Venho-te convidar a participares no passatempo do 3º aniversário do meu blogue, trazendo uma receita... as três melhores receitas serão premiadas com livros, e-books e produtos maravilhosos... gostava imenso que participasses :)

    http://arcoirisnacozinha.blogspot.pt/2014/10/passatempo-tua-receita-nao-me-e-estranha.html

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Se é o concretizar de um sonho, claro que a adaptação vai ser um sucesso e os pequenos sacrifícios a fazer serão um privilégio, pois só o privilégio de ter essa qualidade de vida, já colmata todos os sacrifícios que daí possam advir.
    Vais (vão) ser muito felizes sim Su e as tuas crianças vão ficar-te gratas para o resto da vida pela qualidade de vida de que vão desfrutar na infância.
    Adoro as tuas galetes. Lindas e super apetitosas. Adoro salvia (ou salva) e uso e abuso dela.
    Um beijinho,
    Lia.

    ResponderEliminar
  18. Olá.
    Tenho acompanhado o blog e sempre espero novas notícias e novas receitas.
    Eu mudei da cidade para o campo e na verdade e muito bom, andar ao sol ouvir as rãs os pássaros as folhas e o vento. Ate parece que fiquei mais morena:)
    Aqui eu posso ter um recanto de conforto a minha hortinha.

    Felicidades

    Joana Ferreira
    http://mudeiparacampo.blogspot.pt

    ResponderEliminar