Cabbage & chicken tart


Tarte de Repolho com frango

{ Este post foi feito com o patrocínio da Quinta do Arneiro / This is a Sponsored post by Quinta do Arneiro}

Cresci a ir aos mercados com a minha mãe e a saber escolher quais os melhores brócolos, quais as alfaces de cultivo caseiro, quais os tomates melhores e quais os de produção industrial.

Um dos maiores ensinamentos que tive e com o qual vivo a minha vida é de que a alimentação e a escolha daquilo que trazemos à nossa mesa e à da nossa família é o maior legado que podemos ter.

*

I grew up going to the market with my mother and learning how to choose what the best broccoli were, which were the home grown lettuces, which were the best tomatoes and which ones were from industrial production.

One of the biggest lessons I have had and with which I live my life is that the food and the choice of what we bring to our table and our family's is the greatest legacy we can have.



Não é pois de estranhar que na minha cozinha só entrem produtos biológicos, aqueles produtos que por vezes vêm da vizinha do lado, da aldeia de quando lá vamos ou aqueles que compramos no mercado às velhotas que não têm muito mas apenas aquilo que a hortinha deu este ano.

Não se trata de uma moda, trata-se de um estilo de vida em que acredito. Porque acredito efetivamente que somos aquilo que comemos. Acredito em minimizar ao máximo a quantidade de quimicos, hormonas, antibióticos e afins que coloco na minha mesa e no meu prato e acredito que isso contribui em grande escala para a minha saúde e da minha família.

*

It is therefore not surprising that in my kitchen are only allowed organic products, those products that sometimes come from the neighbor next door, from the village when we have the chance to go there or those we buy in the market to the old ladies who do not have much but just what the vegetable garden gave this season.

This is not just some momentum thing, it's a way of living. Because actually I believe that we are what we eat. I believe in minimizing the most I can the amount of chemicals, hormones, antibiotics and the likes on my table and on my plate and I believe this contributes on a large scale for my health and my family's.





E não é de estranhar pois que me tenha identificado de imediato com a filosofia da Quinta do Arneiro. Com uma produção biológica e mesmo ao lado da minha casa, na belíssima zona de Mafra, esta quinta tem valores com os quais me identifico e produtos com verdadeira qualidade.

Com a Luísa e a sua equipa partilho a opinião de que a natureza tem as melhores receitas para uma vida longa e saudável e que a agricultura biológica é a única saída para um mundo melhor e mais sustentável.

*

It is not surprising therefore that I immediately identified myself with the philosophy of Quinta do Arneiro. With organic production and right next to my house, in the beautiful area of Mafra, this farm has values with which I believe and products with real quality.

With Luísa and her team I share the view that nature has the best recipes for a long and healthy life and that organic farming is the only way to a better world and a more sustainable one.




Os cabazes que me chegam são belos com os seus produtos perfeitamente toscos e imperfeitos, repletos de sabor e verdadeira qualidade e, sabendo que o que lá vem é o que a época nos dá, torna-se o mote para usar a imaginação e reinventar sabores.

E assim nasce uma tarte adaptada de uma receita originalmente francesa que me deixa a ansiar por mais um cabaz e mais um desafio.

*

The baskets that come to me are beautiful with their perfectly and imperfect rough goods , full of flavor and true quality and, knowing that what they hold is what the season gives us, the motto becomes to use your imagination and reinvent flavors .

And so this tart is born, adapted from an originally French recipe that makes me yearn for another basket and more challenges like this one.

Tarte de Repolho com frango

Ingredientes

  • 1 repolho médio (biológico)

  • Manteiga para barrar

  • 1 c. sopa de óleo de coco (ou azeite)

  • 1 cebola picadinha (biológica)

  • 2 cenouras cortadas em pedacinhos (biológicas)

  • 1 dente de alho

  • 300 gr de peito de frango (biológico)

  • 1 folha de louro

  • 1 raminho de tomilho limão (biológico)

  • 1/2 c. chá de especiarias Rabelais (ou mistura de cominhos e noz moscada)

  • 200 gr de tomate pelado (biológico)

  • 1 ovo (biológico)

Preparação

1. Colocar uma panela com água a ferver. Lavar e separar as folhas do repolho removendo a parte mais dura do caule. Escaldar as folhas durante cerca de 8 minutos, escorrer e reservar.

2. Barrar uma forma redonda de bolo com manteiga e colocar no fundo uma das folhas maiores e mais bonitas. Por cima colocar mais folhas de forma a cobrir os lados.

3. Num tachinho colocar o óleo de coco e juntar a cebola e cenoura picadas e cozinhar até que amoleçam. Juntar o frango picado, o alho, as especiarias, o louro, o tomilho e sal e deixar que a carne cozinhe.

4. Juntar o tomate e os sucos, envolver bem e deixar cozinhar até que quase todo o liquido tenha evaporado, cerca de 10 minutos.

5. Pré-aquecer o forno a 180ºC

6. Quando a carne tiver arrefecido, descartar o louro e o tomilho e juntar o ovo batido envolvendo bem. Colocar uma porção da carne por cima da couve e cobrir com 2 folhas mais do repolho. Repetir até acabar a carne e fechar as pontas do repolho.

7. Levar ao forno por 40 minutos. Desenformar e servir de imediato.

*receita adaptada de A Kitchen in France

Cabbage and chicken Tart

Ingredients

  • 1 medium savoy cabbage (organic)

  • Butter for pan

  • 1 tbspoon coconut oil (or olive oil)

  • 1 onion finely chopped (organic)

  • 2 carrots cut into small pieces (organic)

  • 1 clove garlic

  • 300g chicken breast (organic)

  • 1 bay leaf

  • 1 sprig of lemon thyme (organic)

  • 1/2 tspoon Rabelais spice (or cumin and nutmeg)

  • 200 gr diced tomato (organic)

  • 1 egg (organic)

Method

1. Bring a pot with water to boil. Wash and separate the cabbage leaves by removing the hardest part of the stem. Scald the leaves for about 8 minutes, drain and set aside.

2. Grease a round cake tin with butter and place in the bottom one of the largest and most pretty leaves. On top put more sheets so as to cover the sides.

3. In a small pan put coconut oil and add the chopped onion and carrot and cook until softened. Add the minced chicken, garlic, spices, bay leaf, thyme and salt and let the meat cook.

4. Add the tomatoes and juices, wrap well and let cook until almost all the liquid has evaporated, about 10 minutes.

5. Preheat the oven to 180ºC

6. When the meat has cooled, discard the bay leaf and thyme and add the beaten egg mixing well. Place a portion of the meat over the cabbage and cover with 2 more cabbage leaves. Repeat until you finish the meat and close the cabbage tips.

7. Bake for 40 minutes. Unmold and serve immediately.

*recipe adapted from A Kitchen in France

#Tart #Chicken #Organic #Vegetable #Healthy #Main

  • Grey Pinterest Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

© 2020 DESIGN BY STUDIO SUVELLE, PORTUGAL