• Grey Pinterest Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

© 2020 DESIGN BY STUDIO SUVELLE, PORTUGAL

Degustação de Queijos e Vinhos em Casa


Cheese and Wine Tasting at Home


Follow me at Instagram | Bloglovin | Facebook | Youtube

・at the table・

base de ardósia Duuras

O Verão é a altura perfeita para juntar família e amigos e socializar à volta da mesa. Uma das minhas formas preferidas de o fazer é com uma tábua de queijos e com vinho de qualidade, pelo que hoje trago-vos algumas dicas importantes sobre como o fazer da forma certa.

O artigo de hoje vem com a assinatura do Winelicious e explica como degustar queijos e vinhos em casa e surpreender os seus convidados.

*

Summer is the perfect time to gather family and friends and socialize around the table. One of my favorite ways to do this is with a cheese board and quality wine, so today I bring you some important tips on how to do it right.

Today's article comes with Winelicious's signature and explains how to taste cheeses and wines at home and surprise your guests.

" Pensando em organizar uma degustação de queijos e vinhos em casa? Aqui vão algumas dicas para tornar esta experiência ainda mais rica!

Relativamente aos queijos, o ideal é optarmos por pelo menos quatro tipos e preferencialmente um de cada família. Entre as famílias de queijos temos os de mofo branco e pasta mole (Camembert, Brie, Bonchester, etc.); os de leite cozido (Emmenthal, Cheddar, Gruyère, Gouda, Edam, Masdam, São Jorge, etc.); os curados (Parmesão, Grana Padano, Manchego, Cantal, etc.) e os azuis (Gorgonzola, Roquefort, Stilton, Cashel Blue, etc.). Para acompanhá-los, devemos escolher três tipos de vinho, de preferência: um branco, um tinto e um Porto.

Devemos começar pelos queijos mais leves até os de sabores mais intensos. Este respeito ao grau de intensidade deve ser também levado em conta quanto a ordem de serviço dos vinhos, começando assim pelo branco, passando pelo tinto até chegar ao Porto.

Antes de começarmos a degustação, é interessante limparmos o paladar ingerindo um pedacinho de pão.

Partindo para a degustação propriamente dita, começamos colocando um pequeno pedaço de queijo na boca, saboreando-o lentamente e, ainda com um pouco de queijo na boca, bebemos um gole do primeiro vinho.

Essa experiência é interessante para romper com a ideia de que o vinho tinto é quem melhor harmoniza com os queijos. Na realidade, vamos perceber que os queijos mais leves casam melhor com o vinho branco e queijos mais fortes, como os azuis, pedem um vinho fortificado como o vinho do Porto. A associação do Porto Vintage com um queijo azul é uma combinação clássica, a textura suave e amanteigada, a intensidade picante do queijo, acompanham com excelência os sabores soberbos do Porto Vintage.

Apesar de existirem combinações clássicas como Chardonay com Brie e a acima mencionada do Porto com queijos azuis, a graça desta degustação informal reside justamente em não seguir regras, mas sim directrizes, ir testando sabores e combinações, permitindo que as preferências pessoais tenham espaço. Assim, como toda sugestão de harmonização, o melhor é nos permitirmos lançar mão dos testes empíricos e não adotar as recomendações tão ao pé da letra, deixando o ambiente tenso ao invés de descontraído e prazeroso.

*

Thinking about organizing a wine and cheese tasting at home? Here are some tips to make this experience even richer!

For cheeses, the ideal is to choose at least four types and preferably one from each family. Among the cheese families are those of white mold and soft paste (Camembert, Brie, Bonchester, etc.); those of boiled milk (Emmenthal, Cheddar, Gruyère, Gouda, Edam, Masdam, St. George, etc.); the cured ones (Parmesan, Grana Padano, Manchego, Cantal, etc.) and the blues (Gorgonzola, Roquefort, Stilton, Cashel Blue, etc.). To accompany them, we must choose three types of wine, preferably: a white, a red and a Port.

We should start with the lighter cheeses to those with the most intense flavors. This respect to the degree of intensity must also be taken into account as to the order of service of the wines, starting with the white wine, passing through the red wine until getting at the Port.

Before we begin the tasting, it is interesting to clean the palate by ingesting a small piece of bread.

Going for the tasting itself, we began by placing a small piece of cheese in the mouth, savoring it slowly and, with a little cheese in our mouth, we drink a sip of the first wine.This experience is interesting to break with the idea that the red wine is the one that best harmonizes with the cheeses. In fact, we will notice that lighter cheeses marry better with white wine and stronger cheeses, such as blues, ask for a fortified wine like port wine. The Vintage Port association with a blue cheese is a classic combination, the soft and buttery texture, the spicy intensity of the cheese, accompany with excellence the superb flavors of the Vintage Port.

Although there are classic combinations like Chardonay with Brie and the aforementioned Port with blue cheeses, the grace of this informal tasting lies precisely in not following rules but rather guidelines, testing flavors and combinations, allowing personal preferences to have space. So, like any suggestion of harmonization, it is best to allow ourselves to use the empirical tests and not adopt the recommendations so literally, leaving the atmosphere tense rather than relaxed and pleasurable.

DICAS / TIPS

Se quiser variar no serviço dos vinhos, poderá optar por um espumante para acompanhar os queijos brancos moles.

Uma boa sugestão é usar tábuas de mármore ou ardósia, que para além de ressaltarem as cores dos queijos, vão conservar a temperatura destes por mais tempo. Lembre-se também de disponibilizar uma faca para cada tipo de queijo, de modo a não misturar os sabores.

*

If you want to change the wine service, you can choose a sparkling wine to accompany the soft white cheeses.

A good suggestion is to use marble or slate boards, which in addition to highlighting the colors of the cheeses, will retain their temperature for longer. Also remember to make a knife available for each type of cheese so as not to mix the flavors.

"

#Queijos #Vinhos #Degustação #Winelicious #TábuadeQueijos #Harmonização #ComerBem