Em tempo de férias - Dicas com as crianças


Vacation time - tips with children


Follow me at Instagram | Bloglovin | Facebook | Youtube





Ah as férias...

Aquelas pelas quais sonhamos o ano inteiro e as quais tentamos antecipar com mini fins-de-semana ou alguns dias extra a meio do ano mas que nunca se equiparam ao sabor que os meses de verão e a praia nos trazem.

E deveras a praia, a areia, o mar têm um gosto especial. A areia sabe a liberdade, o mar a consolação. E ver as crianças a correr e saltar sabe a felicidade extrema.

*

Oh the hollidays...

Those for which we dream the whole year and which we try to anticipate with mini weekends or some extra days in the middle of the year but that never match the flavor that the summer months and the beach bring us.

And indeed the beach, the sand, the sea have a special taste. The sand tastes like freedom, the sea as consolation. And watching children run and jump is extreme happiness.






No entanto as férias com as crianças mais pequenas podem ser um desafio no que toca ao nosso próprio descanso e tranquilidade. Afinal os mais pequenos continuam a requerer cuidados e algumas regras e rotinas que, por mais que tentemos, acabam por não nos permitir a liberdade incondicional que desejaríamos em tempos de férias.

Ainda assim existem algumas dicas que uso e que tornam bem mais fácil a gestão dos meus filhotes nestes dias e que recomendo a quaisquer pais.

*

However hollydays with small kids can be quite challenging when it comes to our own rest and tranquility. After all, little ones continue to require care and some rules and routines that, no matter how hard we try, end up not allowing us the unconditional freedom that we would want in off duty days.

Still there are some tips that I use and that make it much easier to manage my children in these these days and that I recommend to any parents.


A mais importante dica que posso oferecer para as férias - e na verdade para todos os outros dias e momentos - é descomplicar. A verdade é que por vezes e sem nos apercebermos, temos alguma tendência a complicar coisas que na verdade até se podem tornar bem mais simples.

Nas idas para a praia, por exemplo, cinjo-me a levar apenas o necessário para evitar que as idas e, sobretudo, os regressos, se tornem campos de batalha. Eu levo sempre um cestinho com os protetores solares, uma bolsinha com os telemóveis, chave do carro e algumas moedas e camisolas de banho com proteção UV - porque os meus filhos são branquinhos e gosto de as usar quando sinto o sol mais quente. Levo ainda um saquinho térmico com água, fruta ou cenoura partidas e suminhos de fruta.

O pai leva as toalhas e o chapéu de sol e cada um deles leva um balde com os seus brinquedos dentro, os óculos de sol e chapéu postos. E a regra aqui é sempre a de que, quem quer usar leva, pelo que assim eles ganham a motivação de levarem e trazerem as suas coisas.

E mesmo quando eram mais bebés nunca levei muito mais do que isso, sendo que levar um carrinho de bebé para a praia para mim é daquelas coisas impensáveis - mas que já assisti muitas vezes. Claro que há exceções mas ovinhos e carrinhos simplesmente não fazem sentido para mim na praia. Uma toalha e uma sombra e a mentalização de que, uma vez assegurado que a areia está limpa de beatas e lixo, comer areia é um direito que assiste a qualquer criança. Não vale muito a pena tentar lutar contra isso.

Descomplicar também nos horários estritos, nas regras da alimentação, nas opções de roupas e fatos de banho para cada dia da semana e calçado número 1, 2 e 3... Quanto mais prático melhor e na verdade o que eles querem mesmo é divertirem-se e não ir desfilar no próximo concurso de beleza infantil.

*

The most important tip I can offer for the holidays - and in fact for all other days and times - is to make it uncomplicated. Truth is that sometimes and without realizing it, we have some tendency to complicate things that in fact can become much simpler.

On the way to the beach, for example, I am only taking what is necessary to avoid that the goings and, above all, the comings, become battlefields. I always carry a basket with sunscreens, a little bag with cell phones, the car key and some coins and bathing t-shirts with UV protection - because my kids have very white skin and I like to use them when I feel the sun is very hot. I also carry a thermal bag with water, fruit or carrot in pieces and fruit juices.

Dad takes the towels and the sun hat cover and each one of them takes a bucket with his toys inside, the sunglasses and the hat put on. And the rule here is that, whoever wants to use it takes it, so they gain the motivation to take and bring their own things.

And even when they were babies I never took much more than that, and taking a stroller to the beach for me is one of those things unthinkable - but I've seen it many times. Of course there are exceptions but strollers just don't make sense to me at the beach. A towel and a shade and the realization that, once assured that the sand is clean of cigars and garbage, eating sand is a right that assists any child. It's not worth trying to fight it.

Also simplify in the strict hours, food rules, clothing and bathing suits for each day of the week and footwear number 1, 2 and 3 ... The more practical the better and, in fact, what they really want is to have fun, not to go and parade at the next children's beauty pageant.




Não a sua mas a dos seus filhos. Claro que estar de férias não é motivo para comer porcarias todos os dias mas pode até surpreender-se com as escolhas deles se lhes der a escolher. Todos os meus filhos preferiam sempre cenoura a uma bola de berlim mas ainda assim eu deixei-os comer ocasionalmente uma bolinha porque sei que isso também se tornará uma recordação.

E não se martirize em ter sempre uma refeição imaculada, com direito a sopa e um prato altamente elaborado para eles. Aos almoços optamos sempre por refeições leves, exatamente à semelhança do que fazemos para nós pais: saladinhas de massa, ovinhos mexidos, atum, sandes bem recheadas e fruta à mistura podem ser opções ótimas para eles sem demasiado trabalho.

Ao jantar a sopinha e o prato principal e porque não até uma sobremesa à escolha deles uma vez por outra - eles vão ficar radiantes e motivados para se portarem bem no restaurante.

*

Not yours but your children's. Of course being on vacation is not a reason to eat junk everyday but you might even be surprised at their choices if you give them the option. All my kids always preferred carrots to a berlin ball (typical pastry in every portuguese beach) but I still let them eat a ball occasionally because I know it will also become a memory.

And do not beat yourself to always have an immaculate meal, with soup and a highly elaborate dish for them at every time. At lunches we always opt for light meals, exactly as we do for us parents: pasta salads, scrambled eggs, tuna, well-stuffed sandwiches and fruit to the mix can be great options for them without too much work.

At dining the soup and the main course and why not even a dessert of their choice once in a while - they will be radiant and motivated to behave well in the restaurant.





Quando estamos de férias gostamos de acordar mais tarde, comer quando nos apetecer depois de longas horas na praia e na piscina e dormir o mais tarde de possível.

Por mais que possa custar a aceitar a verdade é que isso simplesmente não resulta com crianças.

Naturalmente não temos de acordar à mesma hora dos dias normais, comer religiosamente às no horário das refeições escolares ou deitar às 21h em ponto. Mas isso não significa que devamos esquecer por completo o horário deles. O truque aqui é usar o bom senso e ler os sinais dos nossos pequenos - e eles são perfeitos mestres a fazê-lo. E as rotinas, ainda que menos estritas, vão assegurar garantidamente menos birras da parte deles.

Sempre que optarem por comer fora com eles, seja no hotel ou no restaurante, a minha dica é que vão cedo. Por um lado eles vão estar ainda relativamente frescos e por outro o atendimento será bem mais rápido o que facilitará e muito o bem estar e paciência deles - e como consequência a vossa também. E a vantagem é que terão um tempo extra após o jantar para um passeio com eles - no nosso caso a exploração e 'escaladas' eram quase sempre as escolhas.

*

When we are on vacation we like to wake up later, eat when we fancy after long hours on the beach and in the pool and sleep as late as possible. As hard as it may come to accept the truth is that it simply does not work with children.

Of course we don't have to wake up at the same time on normal days, eat religiously at school mealtimes or go to sleep at 9pm sharp. But that doesn't mean we should completely forget about their schedule. The trick here is to use common sense and read the signs of our little ones - and they are perfect masters to do so. And routines, even if less strict, will assuredly ensure less tantrums on their part.

Whenever you choose to eat out with them, be it in the hotel or in the restaurant, my tip is that you go early. On the one hand they will still be relatively fresh and on the other the service will be much faster which will facilitate and much their well being and patience - and as a consequence yours too. And the advantage is that you will have extra time after dinner for a walk with them - in our case the exploration and 'climbings' were almost always the choices.




Pode parecer de caras, mas por vezes estamos tão focados noutras coisas que nos acabamos por esquecer que as férias servem para nos divertirmos com eles e criar memórias e recordações.

Claro que vão haver os momentos de birras, claro que vai haver um jantar em que vão partir um copo no restaurante ou sujar a roupa toda de mousse de chocolate, claro que vai haver um momento em que vão ter de ser vocês a trazer os brinquedos todos da praia às costas.

Mas lembrem-se que isso faz parte e que amanhã será melhor. Lembrem-se que são uma família com crianças pequenas e que as crianças serão sempre crianças.

Lembrem-se que as férias passam demasiado depressa e que o importante mesmo é que aproveitem ao máximo com os vossos pequenos.

*

It may seem quite obvious, but sometimes we are so focused on other things that we forget that holidays are for having fun with them for and creating memories.

Of course there will be times of tantrums, of course there will be a dinner in which they will break a glass in the restaurant or dirty themselves with chocolate mousse, of course there will be a time when you'll have to bring yourself all the toys from the beach.

But remember that this is part and that tomorrow will be better. Remember that you are a family with young children and that children will always be children.

Remember that vacations pass way too quickly and that the most important thing is to make the most of your little ones..



#Férias #Vacation #kids #Crianças #family #maternidade #Travel #Lifestyle

REGISTO NA NEWSLETTER
SC_logo.png

FOLLOW

© 2020 WEBSITE AND DESIGN BY STUDIO SUVELLE