Pão entrançado de chocolate negro

Braided dark chocolate bread



Follow me at Instagram | Bloglovin | Facebook | Youtube

A notícia, ainda muito fresca para mim, sobre o crime cometido contra uma criança foi uma coisa que mexeu muito comigo. Possivelmente foi o que mais mexeu comigo nos últimos meses, mesmo dentro de tempos de pandemia e mesmo com os crimes violentos racistas que têm agora vindo a lume nos Estados Unidos - que são algo também absolutamente aterrador.

E se este é mesmo o tipo de coisa que não partilho por norma aqui ou nas redes sociais, hoje falo neste tema porque o sentimento de tristeza profunda foi tão grande e tão marcante que tenho a certeza absoluta que é um episódio que nunca esquecerei.

Chorei bastante nos dias em que as notícias iam surgindo e, por largos dias, quase era incapaz de olhar para os meus filhos sem que os olhos lacrimejassem.


Esta semana celebrou-se, como em todos os dias 1 de Junho, o dia da Criança. E o tema de trabalho que a professora do Rafa mandou para esta semana foi precisamente o tema dos Direitos das Crianças. Confesso que não os sabia de cor e ainda que seja algo que nos possa parecer tão básico e tão óbvio, há uma dor muito real dentro do meu peito quando penso que muitas crianças não têm um ou mais destes direitos garantidos.


Apesar do trabalho intenso que temos tido nos últimos tempos - e que por vezes nos faz ser um bocadinhos menos os pais que queremos ser - neste dia da criança fizemos questão de os mimar, de brincar com eles, de lhes dar colo, ceder aos caprichos e de lhes dar aquelas guloseimas de chocolate que tantas vezes lhes negamos.



Princípios da Declaração Universal dos Direitos das Crianças


  • Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade.

  • Todas as crianças devem ser protegidas da violência doméstica

  • Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importa a sua cor, religião, origem social ou nacionalidade.

  • Todas as crianças devem ser protegidas pela família e pela sociedade.

  • Todas as crianças têm direito a um nome e nacionalidade.

  • Todas as crianças têm direito a alimentação e atendimento médico.

  • Todas as crianças têm direito à educação.

  • As crianças portadoras de dificuldades especiais, físicas ou mentais, têm o direito a educação e cuidados especiais.

  • Todas as crianças têm direito de não ser violentadas verbalmente ou serem agredidas pela sociedade.

  • Todas as crianças têm direito ao amor e à compreensão dos pais e da sociedade.

*

The news, still very fresh for me, about the crime committed against a child here in my country was something that touched me a lot. It was possibly what has touched me the most in the last few months, even within the pandemic times and even with the violent racist crimes that have now come to light in the United States - which are also absolutely terrifying.

And if this is really the kind of thing that I don't normally share here or on social media, today I speak on this topic because the feeling of deep sadness was so great and so deep that I am absolutely sure that it is something I will never forget.

I cried a lot on those days when the news was breaking and, for long days, I was almost unable to look at my children without my eyes watering.


This week it was celebrated, as every June 1, the Children's Day. And the work theme that Rafa's teacher sent for this week was precisely the theme of Children's Rights. I confess that I didn't know them by heart and even though it may seem so basic and so obvious, there is a very real pain inside my chest when I think that many children don't have one or more of these rights guaranteed.


Despite the intense work that we have had recently - and that sometimes makes us be a little less the parents we want to be - on this child's day we made a point of pampering them, playing with them, cuddling them and giving in to whims and let them have those chocolate treats that we so often deny.



Principles of the Universal Declaration of the Rights of the Child


  • All children have the right to life and freedom.

  • All children must be protected from domestic violence

  • All children are equal and have the same rights, regardless of color, religion, social background or nationality.

  • All children must be protected by family and society.

  • All children are entitled to a name and nationality.

  • All children are entitled to food and medical care.

  • All children are entitled to education.

  • Children with special physical or mental difficulties have the right to special education and care.

  • All children have the right not to be verbally abused or to be assaulted by society.

  • All children are entitled to the love and understanding of parents and society.











Pão entrançado de chocolate negro

Ingredientes

para a massa

  • 160 ml leite

  • 20 gr de fermento seco

  • 1/2 c. chá de açúcar mascavado

  • 300 gr farinha

  • 30 ml azeite

  • 2 c. chá de sal

para o recheio


  • 100gr de chocolate negro

  • 2 c. sopa açúcar mascavado

  • 1 c. sopa de manteiga amolecida

Preparação

  1. Dissolver o fermento no leite morno com o açúcar e deixar repousar. Juntar à farinha com o sal e o azeite e amassar bem. Cobrir e deixar repousar cerca de 1 hora.

  2. Numa superfície enfarinhada, estender a massa com um rolo num retângulo. Com a ajuda de uma colher espalhar a manteiga.

  3. Por cima polvilhar o açúcar e o chocolate finamente picado.

  4. Enrolar no sentido longitudinal. Com uma faca bem afiada cortar ao meio, também longitudinalmente, de forma a ficar com 2 metades. Colocar num tabuleiro de forno com as partes abertas voltadas para cima e entrançar ambas as partes uma na outra.

  5. Levar ao forno a 180º cerca de 30 minutos ou até ficar dourado.


Braided dark chocolate bread

Ingredients

for the dough

  • 160 ml milk

  • 20 gr dry yeast

  • 1/2 teaspoon muscovado sugar

  • 300 gr flour

  • 30 ml olive oil

  • 2 teaspoon salt

for the filling

  • 100gr dark chocolate

  • 1 tablespoon soften butter

  • 2 tablespoons muscovado sugar


Method

  1. Dissolve yeast in warm milk with sugar and let it stand. Add the flour with the salt and olive oil and knead well. Cover and let it rise for about 1 hour.

  2. On a floured surface, roll the dough with a rolling pin into a rectangle. With the help of a spoon spread the butter over the dough.

  3. Sprinkle with sugar and the finely chopped chocolate.

  4. Roll up lengthwise. With a sharp knife cut in half, also lenghtwise, so as to be 2 halves. Place in an oven tray with the open parts facing up and braid both together.

  5. Bake at 180 degrees about 30 minutes or until golden.



#sobremesa #chocolate #paodechocolate #diadacrianca #paoentrancado #paotranca #braidedbread #chocolatebread #chocolate #dessert #coroadechocolate #chocolatewreath

  • Grey Pinterest Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

© 2020 DESIGN BY STUDIO SUVELLE, PORTUGAL